24°
Máx
17°
Min

Com gol de Guerrero, Peru supera Haiti na estreia na Copa América

Faz tempo que Paolo Guerrero é a principal esperança de gols do Peru. E, neste sábado, na estreia do time na Copa América Centenário, que está sendo realizada nos Estados Unidos, o atacante do Flamengo voltou a mostrar a importância para a sua seleção ao marcar o único gol da vitória por 1 a 0 sobre o Haiti, no CenturyLink Field, em Seattle, pela primeira rodada do Grupo B.

O placar magro indicou as dificuldades que o Peru teve para se impor diante de um rival considerado frágil. A equipe, porém, teve problemas diante da força física dos defensores haitianos, só conseguindo se impor na etapa final. Ainda assim, quase foi vazado nos últimos instantes do duelo.

Agora, após estrear com vitória na Copa América, o Peru voltará a jogar na próxima quarta-feira, às 23 horas (de Brasília), diante do Equador. Já o Haiti vai encarar a seleção brasileira um pouco antes, às 20h30, pela segunda rodada do Grupo B.

O JOGO - O primeiro tempo da partida entre Peru e Haiti não expôs a diferença técnica entre o terceiro colocado da Copa América de 2015 e a 74ª colocada no ranking da Fifa, a equipe pior classificada no ranking mundial de seleções que participam do torneio nos Estados Unidos. Afinal, embora tenha permanecido praticamente durante os 45 minutos no campo de ataque, a seleção peruana teve dificuldades para encontrar espaços na defesa adversária.

Tanto que o primeiro lance efetivo de perigo foi do Haiti, ainda que em uma jogada de bola parada, uma cobrança de falta de Jérôme, aos 30 minutos, que passou por cima do travessão da meta peruana.

Bastante dependente de Guerrero, o Peru só começou a ameaçar os adversários quando o atacante do Flamengo se deu melhor nas disputas com a zaga do Haiti. E ele quase marcou aos 38 minutos, após boa trama com o meia Cueva, recém-contratado pelo São Paulo. Guerrero avançou na intermediária, acionou o companheiro, que respondeu com um passe dentro da área. Só que o chute do flamenguista saiu para fora.

O Peru foi ter a sua grande chance aos 44, novamente com a participação de Guerrero. Dessa vez, ele recebeu passe na grande área, de costas, dominou a bola no peito e, como um pivô, passou para Flores, que bateu rasteiro e acertou a trave.

No segundo tempo, o Peru apresentou mais volume de jogo desde os minutos iniciais e ameaçou em um chute de Revoredo. Mas o gol, claro, saiu dos pés de Guerrero. Aos 14 minutos, com um peixinho o atacante completou para as redes um cruzamento de Édison Flores, colocando a seleção peruana em vantagem. Guerrero quase voltou a marcar aos 20 minutos, em uma bela jogada, em que finalizou cruzado da grande área.

Em desvantagem, o Haiti enfim saiu para o ataque e tentou pressionar o Peru na parte final do jogo, mas não conseguiu criar chances claras de gol, exceto por uma nos instantes finais do duelo, já nos acréscimos. Aos 48, após cobrança de falta, Belfort apareceu livre, na cara da meta peruana, mas finalizou para fora. Assim, com esse susto no fim, o Peru assegurou o triunfo na sua estreia na Copa América.

FICHA TÉCNICA

HAITI 0 x 1 PERU

HAITI - Placide; Goreux, Genevois, Mechack Jérôme e Jaggy; Lafrance, Hilaire (Jean Alexandre), Marcelin e Jeff Louis; Guerrier e Nazon (Belfort). Técnico: Patrice Neveu

PERU - Gallese; Revoredo, Christian Ramos, Alberto Rodríguez e Trauco; Tapia, Óscar Vilchez, Hohberg (Andy Polo), Cueva (Yotún) e Édison Flores (Beto da Silva); Paolo Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

GOL - Paolo Guerrero, aos 14 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Jhon Pitti (Panamá).

CARTÕES AMARELOS - Marcelin e Jean Alexandre (Haiti); Alberto Rodríguez, Paolo Guerrero e Yotún (Peru).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

ESTÁDIO - CenturyLink Field, em Seattle (Estados Unidos).