24°
Máx
17°
Min

Com gol no fim, Colômbia derrota Paraguai fora e se mantém perto dos líderes

(Foto: Divulgação/Estadão)  - Colômbia derrota Paraguai fora e se mantém perto dos líderes
(Foto: Divulgação/Estadão)

A seleção da Colômbia se manteve próximo dos líderes das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018, ao derrotar o Paraguai por 1 a 0, na noite desta quinta-feira. Jogando no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, o time da casa foi surpreendido pelo gol marcado pelos colombianos aos 45 minutos do segundo tempo.

Apesar da vitória, a Colômbia não deve subir na tabela. Em quarto lugar, tem agora 16 pontos. A liderança segue com o Uruguai, com 19 pontos após vitória sobre a Venezuela. O Brasil, com 15, enfrenta a modesta Bolívia nesta noite. O Equador também chegou aos 16 e leva vantagem sobre a Colômbia. E a Argentina, com 15, ainda vai encarar o limitado time do Peru nesta quinta.

Já o Paraguai estacionou nos 12 pontos e continua no sexto posto, à margem da zona de classificação. Somente os quatro primeiros colocados garantem vaga direta no Mundial da Rússia, e o quinto precisa disputar uma repescagem.

Paraguai e Colômbia fizeram um primeiro tempo truncado, com jogo concentrado no meio-campo. Faltas e passes errados eram mais constantes que lances ofensivos. E, mesmo sem contar com seu principal jogador, a equipe colombiana jogava melhor na etapa inicial - uma lesão muscular na perna esquerda tirou James Rodríguez da partida.

Liderado por Cuadrado, o time colombiano tinha ligeira superioridade porque controlava o meio-campo e conseguia armar jogadas, ainda que levasse pouco perigo no ataque. O Paraguai, mesmo jogando em casa, atuava mais recuado, à espera da oportunidade de contra ataque ou abusando dos levantamentos na área.

O duelo truncado cobrou seu preço no final da etapa inicial. As disputas se tornaram mais renhidas e o árbitro distribuiu quatro cartões amarelos em apenas oito minutos.

No segundo tempo, o Paraguai começou a mostrar maior ofensividade e passou a jogar melhor que a Colômbia. Aos 9, Lezcano desperdiçou grande chance após rebote do goleiro Ospina e bate-rebate na pequena área. Aos 27, Óscar Romero também teve chance de abrir o placar.

De olho no ataque, o técnico Arce colocou Lucas Barrios em campo - Ángel Romero, irmão de Óscar e jogador do Corinthians permaneceu no banco de reservas. Mas, mesmo assim, o Paraguai ameaçava, porém sem balançar as redes.

Mais efetiva, a Colômbia passou a jogar no contra-ataque e, numa destas oportunidades, buscou o gol da vitória aos 45 minutos do segundo tempo. Cardona fez boa tabela pela esquerda, entrou na área e bateu por cobertura, vencendo o goleiro Diego Barreto e sacramentando a vitória.