27°
Máx
13°
Min

Com gol no último minuto, Botafogo derrota São Paulo no Morumbi

Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo - Com gol no último minuto, Botafogo derrota São Paulo no Morumbi
Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo

Em um jogo muito fraco tecnicamente, o Botafogo superou a perda do técnico Ricardo Gomes na véspera da partida, justamente para o São Paulo, e derrotou a equipe paulista por 1 a 0, neste domingo, no estádio do Morumbi.

O resultado fez o São Paulo continuar com 26 pontos e se distanciar ainda mais dos primeiros colocados, enquanto o Botafogo chega aos 23 e respira na luta para se afastar da zona de rebaixamento. A equipe carioca saltou da 17ª para a provisória 13ª colocação da tabela.

Mais do que o resultado negativo, a derrota do São Paulo serviu para Ricardo Gomes ver que ele terá muito trabalho pela frente na nova equipe. O treinador foi confirmado pelo time paulista no sábado e deve ser apresentado na terça ou quarta-feira. Já o Botafogo, que negocia com Milton Mendes, também não teve uma atuação tão eficiente, mas foi competente nas raras chances que teve de gol.

O São Paulo entrou em campo com uma camisa comemorativa de cor amarela, mas não teve muito o que celebrar na primeira etapa. As duas equipes protagonizaram 45 minutos iniciais de pouca emoção, muitos erros de passe e má pontaria das duas equipes.

Uma das poucas chances criadas pelo time da casa saiu em uma sequência de chutes dados por Thiago Mendes e Chavez, mas Sidão fez a defesa em ambas jogadas. O time da casa teve mais posse de bola e criou as maiores oportunidades. Entretanto, falhava no último lance antes da finalização. O Botafogo, quando tinha a bola no pé, não conseguia tocar a bola e o jeito era apostar nos longos lançamentos sem efeito em direção ao ataque.

Na etapa final, o São Paulo voltou um pouco mais organizado e pressionou ainda mais, principalmente em jogadas pelas laterais. O problema, porém, continuava no último passe antes da finalização.

Em sua provável despedida como treinador interino da equipe, já que Ricardo Gomes assume a equipe nesta semana, Jardine tentou aumentar o poderio ofensivo e criar novas variações de jogada com a entrada de Luis Araújo no lugar de Hudson, mas a dificuldade na criação continuou.

O jogo caminhava para um 0 a 0 sem graça, quando o Botafogo, conseguiu encaixar uma boa jogada pela esquerda do ataque, com Diogo Barbosa, que deu um drible e cruzou rasteiro na pequena área, onde Sassá apareceu livre para desviar paras as redes e decretar a vitória botafoguense. No fim, a apatia tricolor custou caro.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 0 x 1 BOTAFOGO

SÃO PAULO - Denis; Buffarini, Maicon, Lyanco e Mena (Carlinhos); Hudson (Luis Araújo) João Schmidt, Thiago Mendes, Cueva e Kelvin (Pedro); Chávez. Técnico: André Jardine (interino).

BOTAFOGO - Sidão; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Santos e Diogo Barbosa; Airton, Rodrigo Lindoso, Bruno Silva (Rodrigo Pimpão) e Camilo; Neilton (Fernandes) e Canales (Sassá). Técnico: Jair Ventura.

GOL - Sassá, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Cueva, Thiago Mendes e Bruno Silva.

ÁRBITRO - Caio Max Augusto Vieira (RN).

RENDA - R$ 366.713,00.

PÚBLICO - 14.399 pagantes.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).