22°
Máx
16°
Min

Com reservas, Cruzeiro vence, mantém invencibilidade e rebaixa o Boa no Mineiro

Melhor timer da primeira fase do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro poupou os titulares na rodada final e encarou fora de casa um time que lutava contra o rebaixamento, mas ainda assim venceu. Neste domingo, em Varginha, o time derrotou o Boa por 3 a 2 e acabou por selar a queda do adversário para a segunda divisão estadual.

Com a vitória, o Cruzeiro encerra a primeira fase do Mineiro com uma campanha impressionante, invicto, tendo somado 29 dos 33 possíveis e com uma vantagem de nove para o segundo colocado Atlético Mineiro. Já o Boa, com apenas dez pontos, ficou em último lugar e foi rebaixado na segunda competição consecutiva - no ano passado, caiu para a Série C do Campeonato Brasileiro. O outro clube rebaixado foi o Guarani de Divinópolis.

O Cruzeiro abriu o placar da partida aos 18 minutos, aproveitando um vacilo do sistema defensivo do Boa. Rafael Vitor deu passe para o goleiro Rodolfo, mas Douglas Coutinho se antecipou e tocou para as redes. E Douglas Coutinho voltou a marcar pouco depois, aos 26. Dessa vez, Bruno Nazário cruzou para o jogador, que finalizou para ampliar a vantagem do Cruzeiro.

O Boa diminuiu ainda na etapa inicial, aos 29. Após cruzamento na área, Leonardo pegou o rebote do corte da defesa do Cruzeiro e chutou rasteiro, marcando o seu gol.

No segundo tempo, porém, o Cruzeiro praticamente definiu a sua vitória aos 33 minutos, com Allano, que completou, de cabeça, cruzamento de Mayke. Aos 43, Rodrigo Mucuri, com um chute rasteiro, diminuiu para o Boa. Mas foi insuficiente para evitar mais uma vitória do Cruzeiro e a queda da equipe de Varginha.

Agora, garantido nas semifinais do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro terá pela frente o quarto colocado América, que neste domingo empatou por 1 a 1 com a terceira URT. O primeiro duelo será disputado no próximo fim de semana.