24°
Máx
17°
Min

Conte anuncia que deixará Itália após Euro e reforça rumores de ida ao Chelsea

(Foto: Giorgio Benvenuti/EPA) - Conte anuncia que deixará Itália após Euro e reforça rumores de ida ao Chelsea
(Foto: Giorgio Benvenuti/EPA)

A Federação Italiana de Futebol anunciou nesta terça-feira que o técnico da seleção, Antonio Conte, vai deixar a equipe ao fim da Eurocopa, em julho. O treinador é cotado para comandar o Chelsea na próxima temporada europeia, substituindo o interino holandês Guus Hiddink.

A saída foi informada pelo presidente da federação, Carlo Tavecchio. "Antonio Conte me disse que sua experiência na seleção vai acabar ao fim da Eurocopa", afirmou o dirigente, sem mencionar qual será o futuro do treinador.

Mas Tavecchio revelou que Conte sente falta do trabalho diário no comando de um clube, como fez na Juventus, onde foi tricampeão italiano. "Ele sente falta do gramado, do trabalho diário nos treinos, do cheiro da grama. Ele acorda todo dia e sente falta do campo", disse o dirigente.

Conte assumiu o comando da seleção italiana depois da Copa do Mundo de 2014. Ele substituiu Cesare Prandelli, que não resistiu à eliminação precoce da equipe logo na fase de grupos, no Brasil. Sob o seu comando, o time italiano se recuperou. Foi o primeiro colocado do seu grupo nas Eliminatórias da Eurocopa e conquistou a vaga com uma rodada de antecedência.

Agradando à diretoria da federação, o treinador de 46 anos recebeu oferta para renovar seu contrato, mas recusou todas as propostas. "Sempre apoiamos Conte, conversamos todos os dias. Agora vamos avaliar a situação e continuar a trabalhar com alguém que restaurou a imagem da nossa seleção com muito trabalho e sacrifício. Sempre seremos gratos a ele", declarou Tavecchio. A Eurocopa será disputada entre 10 de junho e 10 de julho.