22°
Máx
17°
Min

Contratado por valor recorde, Hulk é oficializado como reforço de time chinês

Hulk é contratado pelo time chinês Shanghai SIPG (Foto: Getty Images) - Contratado por valor recorde, Hulk é novo reforço de time chinês
Hulk é contratado pelo time chinês Shanghai SIPG (Foto: Getty Images)

Um dia depois de desembarcar na China, Hulk foi oficializado nesta quinta-feira como novo reforço do Shanghai SIPG, que contratou o jogador junto ao Zenit por um valor recorde na história do futebol do país. Ao confirmar a saída do jogador, o clube russo anunciou que os chineses contrataram o atacante por 55,8 milhões de euros, em acordo que também prevê o pagamento de um possível bônus de 2 milhões de euros para a equipe de São Petersburgo, dependendo do desempenho do atleta na equipe asiática.

A contratação do brasileiro de 29 anos de idade foi oficializada após o mesmo ter sido aprovado em exames médicos necessários para a assinatura do compromisso. O valor do negócio acabou superando o que envolveu a contratação do também brasileiro Alex Teixeira, que há seis meses trocou o Shakhtar Donetsk pelo Jiangsu Suning após o clube chinês desembolsar aproximadamente 50 milhões de euros, valor recorde até então no futebol do país.

Naquela ocasião, a chegada de Alex Teixeira superava também o alto valor pago pelo Guangzhou Evergrande pelo colombiano Jackson Martinez, que deixou o Atlético de Madrid para defender a equipe chinesa em um negócio de 47 milhões de euros.

Essa contratação de Hulk também se tornou a maior transação da história envolvendo um clube da Rússia, sendo que em 2012 o Zenit pagou 40 milhões de euros para contratar Hulk junto ao Porto. Na equipe de São Petersburgo, ele marcou 77 gols em 148 jogos em quatro temporadas e neste período conseguiu se firmar na seleção brasileira quando a mesma era dirigida por Luiz Felipe Scolari - ele foi titular do Brasil nas campanhas do título da Copa das Confederações de 2013 e da Copa do Mundo de 2014, quando amargou o vexame de cair por 7 a 1 diante da Alemanha nas semifinais, no Mineirão, em Belo Horizonte.

De acordo com informação divulgada pela agência russa Tass, o atacante ganhará US$ 12,5 milhões por temporada no Shanghai SIPG, que atualmente ocupa a quarta posição do Campeonato Chinês. Comandado pelo ex-técnico da seleção inglesa Sven-Goran Ericksson, o time já conta com o brasileiro Elkeson, o argentino Conca, o ganês Asamoah Gyan e o marfinês Evrard Kouassi em seu elenco.