22°
Máx
17°
Min

Corinthians oficializa saída de Alexandre Pato para o Villarreal

Foto: ESPN - Corinthians oficializa saída de Alexandre Pato para o Villarreal
Foto: ESPN

O Corinthians oficializou nesta terça-feira a negociação de Alexandre Pato para o Villarreal. Por meio de um curto comunicado, o clube informou que o jogador foi cedido em definitivo para o clube espanhol, que já havia encaminhado um acordo com a diretoria corintiana na última segunda.

O clube ainda finalizou a nota enfatizando que "por acordo entre as partes, não serão oficialmente declarados os valores da negociação", mas o clube paulista, que era dono de 40% dos direitos econômicos do atleta, receberia 3 milhões de euros (cerca de R$ 10,8 milhões) para ceder o atacante.

Pato tinha contrato com o Corinthians até o final deste ano e, caso não definisse um novo destino para a sua carreira neste período, poderia sair de graça para outro clube a partir de janeiro. Desta forma, o time alvinegro ao menos conseguiu reparar parte do enorme prejuízo que contabilizou com jogador, que inicialmente chegou ao Parque São Jorge ao ser contratado junto ao Milan, em janeiro de 2013, por R$ 40 milhões.

A saída de Pato também significará um economia de cerca de R$ 5 milhões até o final de ano, pois ele tinha um salário de R$ 800 mil mensais. O pagamento deste alto valor anteriormente chegou a ser dividido entre Corinthians e São Paulo, que foi defendido por empréstimo pelo atacante após a negociação que culminou na ida de Jadson para o time corintiano. Em seguida, ele ainda atuou sem sucesso por um curto período no Chelsea, da Inglaterra.

No Corinthians, Pato fez apenas 62 jogos e marcou 17 gols, sendo que a sua passagem pelo clube acabou sendo atrapalhada pelo erro em uma cobrança de um pênalti contra o Grêmio, nas quartas de final da Copa do Brasil de 2013. Na época, ele bateu de forma displicente e viu Dida, então goleiro gremista, defender com facilidade e eliminar os corintianos da competição.

No Villarreal, Pato tentará ajudar o time a se classificar para a fase de grupos da próxima Liga dos Campeões da Europa. No ano passado, o atacante terminou a temporada como maior artilheiro do São Paulo, com 26 gols, depois de ter chegado ao clube do Morumbi em 2014. Já com a camisa do Chelsea, ele entrou em campo em apenas duas partidas em seis meses no clube.