21°
Máx
17°
Min

Coxa e Londrina duelam para não desgrudar da liderança

(Foto: Robson Vilela/Site oficial do Londrina) - Coxa e  Londrina duelam para não desgrudar da liderança
(Foto: Robson Vilela/Site oficial do Londrina)

Coritiba e Londrina fecham a terceira rodada do Campeonato Paranaense nesta quinta-feira (11), às 19h30, no Couto Pereira. Além da rivalidade crescente nos últimos anos, os dois times entram em campo pressionados pela vitória para manter os 100% de aproveitamento e não distanciar de Paraná e Atlético, líderes com nove pontos.

Do lado do Tubarão, ainda há mistério sobre quem entra em campo. A blindagem da diretoria fez com que até a tradicional entrevista coletiva de véspera do técnico Cláudio Tencati não fosse realizada.

Pelo menos duas mudanças em relação ao time que bateu o Toledo por 2 a 0 são certas: Matheus entra na zaga no lugar de Sílvio, suspenso, e Germano volta ao time titular depois da polêmica escalação irregular no jogo de estreia contra o PSTC.

 Caso opte por uma postura mais defensiva, Tencati pode começar o jogo com três volantes (Bidia, Germano e Jumar), com Rafael Gava sozinho na armação. Se o técnico quiser ir para cima do Coxa, Paulinho pode entrar no lugar de Jumar, auxiliando Wellisson e Bruno Batata no ataque.

“Sabemos da rivalidade entre as duas equipes e a expectativa é voltar com um resultado positivo para Londrina”, disse Gava durante a semana. Caso a expectativa do meia se confirme, o Tubarão quebrará um tabu de mais de 20 anos sem vencer o Coritiba na capital.

Time da casa

Do lado alviverde, a confiança também está em alta. O time comandado por Gilson Kleina quer repetir o bom desempenho da estreia em casa, quando goleou o Cascavel por 4 a 0. Kleber, destaque daquele jogo com dois gols, está recuperado de lesão e volta ao time, assim como Luccas Claro.
Por outro lado, Ceará e Dudu foram vetados pelo departamento médico e estão fora da partida.

Em entrevista coletiva, o lateral Carlinhos pregou respeito ao Londrina, relembrando os duelos recentes.  “Vai ser um jogo que será encarado como um clássico. Eu tive o prazer de jogar contra eles no ano passado e foi um jogo difícil. Então eu estou passando isso para os meus colegas, que vai ser um jogo difícil aqui no Couto”, destacou.

A arbitragem da partida ficará por conta do experiente Adriano Milczvski.