27°
Máx
13°
Min

CPI da Máfia do Futebol aprova convocação de Ricardo Teixeira

(Foto: José Cruz/ Agência Brasil) - CPI da Máfia do Futebol aprova convocação de Ricardo Teixeira
(Foto: José Cruz/ Agência Brasil)

A CPI da Máfia do Futebol aprovou nesta terça-feira a convocação de Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF, para comparecer diante do colegiado no dia 19 deste mês. Teixeira é um dos investigados pela Comissão Parlamentar de Inquérito por ter sido indiciado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, no fim do ano passado.

Será a segunda vez que CPI tenta convocar Teixeira. Em junho, ele também fora convocado para uma audiência, marcada para o dia 14. Porém, o ex-dirigente não compareceu. Advogados apresentaram atestado médico para justificar a ausência. Teixeira estaria hospitalizado para realizar uma cirurgia.

Teixeira, assim como José Maria Marin e Marco Polo Del Nero, são acusados de estarem envolvidos em esquema de corrupção que alcançaria a cifra de US$ 200 milhões. Teixeira e Del Nero foram indiciados no fim do ano passado quando o FBI divulgou nova lista de investigados que já tinha Marin.

A primeira etapa de indiciamento, e prisões, teve início no fim de maio do ano passado. Na época, o FBI prendeu sete cartolas em Zurique, na Suíça, às vésperas da eleição presidencial da Fifa. Marin, ex-presidente da CBF, foi um dos detidos - na sequência foi extraditado para os Estados Unidos.

Teixeira foi acusado de receber propinas para beneficiar empresas de marketing esportivo na venda dos direitos de transmissão de campeonatos. Ele também é acusado de estar envolvido em irregularidades na campanha que concedeu ao Brasil o direito de sediar a Copa do Mundo de 2014.