28°
Máx
17°
Min

Cristiano Ronaldo ataca companheiros: 'Se tivessem meu nível, seríamos líderes'

(Foto: Divulgação)  - Cristiano Ronaldo ataca companheiros: 'Se tivessem meu nível, seríamos líderes'
(Foto: Divulgação)

A primeira derrota do técnico Zinedine Zidane no comando do Real Madrid, justamente no clássico contra o Atlético no Estádio Santiago Bernabéu neste sábado, gerou certa crise no clube. Após o jogo, Cristiano Ronaldo rebateu as críticas pelo seu desempenho e disse que o time seria líder do Campeonato Espanhol caso todos os jogadores estivessem no seu nível.

"Me irrita que digam que o Cristiano tenha baixado o rendimento e que por isso o Real Madrid piorou. Se todos estivessem no meu nível, seríamos líderes", comentou o atacante português antes de criticar nominalmente os companheiros.

"Não vou menosprezar ninguém, mas se uma equipe não joga com os melhores, fica difícil ganhar uma competição longa. Não vou dizer que Jesé ou Lucas não são bons, são muito bons, mas...", fez uma longa pausa e concluiu: "É meu ponto de vista."

Após a declaração do atacante, foi a vez do técnico Zidane dar entrevista polêmica jogando a toalha na disputa pelo título do Espanhol. "Antes que me perguntem, o campeonato acabou. Ainda há partidas e a temporada não terminou", afirmou.

"Jogando contra o segundo colocado é preciso correr mais, colocar mais a perna, fazer mais. Quando se joga contra um rival que atuou na quarta-feira, não podemos deixá-lo entrar na partida, e eles entraram", concluiu.

Faltando 12 rodadas para o encerramento do Campeonato Espanhol, o Real Madrid está estacionado em 54 pontos. O Atlético de Madrid foi a 58, enquanto a liderança disparada segue com o Barcelona, que tem 63 e ainda joga por esta 26.ª rodada, contra o Sevilla, em casa, no domingo. Se vencer, o Barça abre 12 pontos sobre o Real. Os rivais se encontram no próximo dia 3 de março, no Camp Nou.