22°
Máx
17°
Min

Cristiano Ronaldo marca quatro, Real faz sete no Celta e espanta crise

(Foto: Divulgação)  - Cristiano Ronaldo marca quatro, Real faz sete no Celta e espanta crise
(Foto: Divulgação)

Depois de semanas difíceis com derrota no clássico para o Atlético de Madrid, lesões de jogadores e intensa pressão sobre o técnico Zinedine Zidane e a direção, o Real Madrid foi à forra neste sábado. Muito em função de mais um show de Cristiano Ronaldo. O português marcou quatro gols no segundo tempo diante do Celta de Vigo e comandou a goleada por 7 a 1 no Santiago Bernabéu, pelo Campeonato Espanhol.

O resultado não devolve o Real à briga pelo título espanhol, mas anima a equipe para a sequência da temporada. Com ele, os madrilenhos foram a 60 pontos, na terceira posição, com nove pontos a menos e um jogo a mais que o líder Barcelona. O Celta, por sua vez, parou 42 pontos, na sexta posição.

O resultado espantou alguns fantasmas do Real, que viu sua torcida vaiar o time no primeiro tempo e aplaudir ao apito final. Cristiano Ronaldo deixou para trás as críticas da imprensa e a dúvida dos fãs ao marcar quatro gols. Pepe, criticado, também fez o seu. Assim, como Bale, que voltou de lesão e fechou a goleada.

Mas quem começou melhor neste sábado foi o Celta de Vigo. O time visitante parecia atuar em casa, tomou conta do jogo e quase abriu o placar aos 13 minutos. Após cruzamento da direita, Aspas desviou de cabeça no travessão. A sobra ficou com ele próprio, que tentou de pé direito. Mas aí, Keylor Navas fez grande defesa.

A reação do Real começou aos 20 minutos, mas Blanco impediu o gol de Isco. Quando a torcida já vaiava o time, saiu o primeiro gol. Aos 39, Casemiro aproveitou falta cobrada da direita e desviou de cabeça, mas Blanco espalmou para escanteio. Na cobrança, quase uma repetição. A bola foi novamente na segunda trave, mas agora foi Pepe quem cabeceou. E acertou o alvo. Blanco, desta vez, nada pôde fazer.

Se o primeiro tempo foi sofrido, no segundo, Cristiano Ronaldo fez questão de descomplicar a vida do Real Madrid. Aos quatro minutos, recebeu com espaço na intermediária e arriscou dali mesmo, com muita força, surpreendendo Blanco. Aos 12, cobrou falta pelo lado esquerdo com extrema categoria e ampliou.

O português estava demais e quase fez o terceiro apenas dois minutos depois, em nova cobrança de falta. Blanco, desta vez, espalmou e ainda viu a bola tocar à trave. O Celta, então, ameaçou uma reação e diminuiu aos 16. Aspas recebeu lançamento da própria área, arrancou sozinho e deu lindo toque por cobertura para marcar belo gol.

Mas foi só um susto, porque aos 18, Isco avançou pela esquerda e tocou no meio para Cristiano Ronaldo fazer mais um. O show do português ficou completo aos 30 minutos, quando ele aproveitou cobrança de escanteio e subiu para cabecear para a rede e marcar seu quarto.

Ainda havia tempo para mais, e Jesé também deixou sua marca aos 32 minutos. Ele roubou bola na defesa do Celta e ainda limpou um marcador antes de finalizar. Três minutos depois, foi a vez de Bale. O galês carregou pela intermediária e bateu cruzado de fora da área para selar a goleada.