21°
Máx
17°
Min

Cristiano Ronaldo: 'Sempre quis ganhar algo com Portugal para entrar na história'

(Foto: Divulgação)  - 'Sempre quis ganhar algo com Portugal para entrar na história' diz CR7
(Foto: Divulgação)

Em 2004, um adolescente promissor deixou o gramado chorando após ser derrotado na final da Eurocopa em casa. Neste domingo, 12 anos depois, o mesmo jogador ficou marcado pelas lágrimas, mas desta vez ele alcançou a glória. Após jogar todos os minutos da Eurocopa de 2016, Cristiano Ronaldo saiu de campo lesionado aos 25 do primeiro tempo da final e viu do banco de reservas a sua seleção portuguesa vencer por 1 a 0 a anfitriã França, na prorrogação, e alcançar o título inédito.

"Eu sempre quis ganhar algo com Portugal para entrar na história e agora eu consegui", comentou o português em entrevista após o jogo em pleno Stade de France, em Saint-Denis, nos arredores de Paris.

Antes de começar a falar, o vaidoso jogador pediu para recompor a aparência. "Chorei demais hoje (domingo)", confessou, como torcedores ao redor do planeta puderam ver, tanto ainda dentro de campo, quando fez de tudo para permanecer e ajudar os companheiros, quanto ao apito final e com o título assegurado.

"Estou muito feliz, pois conquistei algo que buscava há muito tempo, desde 2004. Isso é o que os portugueses merecem, a nação merece. Sempre acreditei que estes jogadores tinham valor, confiei na capacidade e estratégia de nosso treinador para vencer a França e conseguimos", acrescentou Cristiano Ronaldo.

O craque dono de três Bolas de Ouro (2008, 2013 e 2014) revelou que sentiu certa frustração durante a partida, mas o resultado final apagou qualquer sentimento negativo. "Não era a final que eu desejava, mas não dava para seguir, eu estava com muitas dores. Mas estou muito feliz e orgulhoso. Desde o início do campeonato eu tentei ajudar minha equipe com minha liderança e estive sempre presente", finalizou.