27°
Máx
13°
Min

Cristóvão Borges critica excesso de comparações a Tite

(Foto: Agência Corinthians) - Cristóvão Borges critica excesso de comparações a Tite
(Foto: Agência Corinthians)

O técnico do Corinthians, Cristóvão Borges, criticou o excesso de comparações feitas entre o seu trabalho e o do seu antecessor, Tite, atualmente na seleção brasileira. Nesta quarta-feira o atual comandante do time, há quase três meses no cargo, explicou que não é afetado pelos comentários porque alguns foram desrespeitosos e exagerados.

"Sempre fui muito criticado. Achava até vocês (jornalistas) um pouco constrangidos. Era uma coisa desproporcional, fora da real. Se é fora da real, não é justa. O treinador, se vai bem, tudo bem, se vai mal, é criticado. Vocês nunca vão me ver reclamar de críticas", disse Cristóvão durante entrevista coletiva nesta quarta no CT Joaquim Grava.

O treinador conversou com os jornalistas pouco depois de comandar o último treino antes da partida com o Sport, nesta quinta, no Itaquerão, pelo Campeonato Brasileiro. A atividade foi fechada durante o trabalho tático de definição do time. Cristóvão revelou que a única dúvida na escalação é entre Lucca ou Gustavo. Os dois disputam o posto de substituto de Guilherme, que tenta se recuperar de lesão.

Borges assumiu o Corinthians assim que Tite foi chamado para assumir a seleção brasileira e desabafou sobre algumas críticas que afirma ter recebido. "Tiveram momentos exagerados. Mas não me incomoda justamente por isso, porque é exagero. As críticas, algumas desnecessárias, vão muito além de substituir o Tite. Tem coisas até desrespeitosas. Mas, para mim, tranquilo", comentou.

O corintiano explicou que tem notado uma evolução no time nos últimos jogos e afirmou que, por ter cinco jogos no mês de setembro pelo Brasileirão, diz que as próximas semanas serão fundamentais para as ambições dele de conduzir o time ao novo título.

"Estou focado no que tenho de fazer. Precisamos fazer um trabalho que deixe o corintiano com orgulho. As oscilações, mudanças, são normais e estão acontecendo. O que me deixa confiante é que, com tudo isso, estamos bem", elogiou.