22°
Máx
14°
Min

'Cruyff torceria por uma vitória no clássico com espetáculo', diz Luis Enrique

Às vésperas de um dos maiores clássicos da história, o técnico Luis Enrique evocou o ídolo Johan Cruyff, que morreu na semana passada, para inspirar os jogadores do Barcelona nesta sexta-feira antes do duelo com o Real Madrid, no sábado, em rodada do Campeonato Espanhol.

Cruyff é uma das maiores referências do time catalão, por definir estilo de jogo do time quando foi seu treinador, entre os anos de 1988 e 1996. O padrão estabelecido naquelas temporadas foi resgatado mais recentemente por Josep Guardiola e mantido por Luis Enrique.

"O que mais desejaria Johan Cruyff é que vencêssemos esta partida jogando um bom futebol, com espetáculo e fazendo por merecer dentro de campo", declarou o atual treinador do Barcelona, que fez questão de exaltar o legado do holandês. "A ideia de padrão tático 4-3-3 ou 3-4-3 está no Barcelona há muito tempo. É algo que permaneceu no clube e espero que assim continue por muito tempo."

Luis Enrique espera que o time também repita em campo, além do esquema tático, a habilidade do holandês, que também foi jogador de destaque da equipe, na década de 70. "Não podemos apenas ganhar, tem que ter espetáculo. É por isso que contratamos um perfil específico de jogadores. Buscamos qualidade individual através do domínio da bola e de uma ideia de jogo", declarou.

O treinador garantiu que o elenco do Barcelona está motivado para a partida, ainda que o duelo não seja decisivo para a conquista do Espanhol - com dez pontos de vantagem sobre o rival, o time catalão segue com amplo favoritismo mesmo em caso de derrota.

"Este tipo de jogo gera tanta energia nos jogadores que não me preocupam os quilômetros que eles percorreram para defender suas seleções", disse, referindo-se aos jogos da data Fifa no último fim de semana.

A "energia" deve ser necessária no Camp Nou porque o Real Madrid jogará bem mais motivado. Não apenas para reduzir a vantagem do arquirrival na tabela, mas também para devolver a dolorosa goleada de 4 a 0 sofrida no clássico do primeiro turno, disputado em pleno Santiago Bernabéu.

Para a definição do campeonato, o clássico deve ter pouca influência. O Barcelona lidera com folga. Tem 76 pontos, contra 67 do vice-líder Atlético de Madrid e 66 do Real, atual terceiro colocado.