21°
Máx
17°
Min

Cuca afirma que Palmeiras tem perdido pontos por estar nervoso

Foto: reprodução Facebook  - Cuca afirma que Palmeiras tem perdido pontos por estar nervoso
Foto: reprodução Facebook

O técnico Cuca afirmou que está preocupado com o nervosismo do time do Palmeiras. Na opinião dele, a ansiedade em se manter na liderança do Campeonato Brasileiro, somada ao jejum de 22 anos sem títulos do clube na competição, tem atrapalhado o rendimento e foi uma das causas do empate em 1 a 1 com o Flamengo, no Allianz Parque, quando mesmo com um jogador a mais, não conseguiu assegurar a vitória.

"Nosso time tem muitos jogadores que estão disputando o primeiro Brasileiro, e estão dentro de um processo de 22 anos que não se ganha. Não se pode trazer mais peso. Precisa ser ao natural. Tínhamos da fazer as coisas de um jeito que o resultado viesse sem você se pressionar", explicou. Os gols do empate no confronto de líder com o segundo colocado do Brasileirão foram marcados após o Flamengo ter Márcio Araújo expulso durante o primeiro tempo.

Cuca disse na entrevista coletiva que o Palmeiras não conseguiu a virada pelo nervosismo ter atrapalhado a construção de jogadas. "Senti de uma maneira maior do que em jogos anteriores uma equipe nervosa. Faltava calma para criar, faltou rotatividade e a criação que nós temos. Para piorar, depois que ficamos com um jogador a mais, tomamos um gol e isso pressionou ainda mais", afirmou.

O técnico do Palmeiras explicou que tentou ao longo do segundo tempo dar mais força nas bolas aéreas, com a entrada de Barrios, e depois mais criação, com Cleiton Xavier, para testar maneiras de como ganhar a partida. Pela análise de Cuca, apesar das tentativas variadas, a equipe não correspondeu por ter se mantido tensa em campo.

O treinador prometeu trabalhar com o psicológico dos atletas para tentar amenizar o nervosismo. "Somos líderes do campeonato há umas 14 ou 15 rodadas. Não precisamos ter pressa. Precisamos, sim, é ter tranquilidade", analisou.

O Palmeiras acumulou a oitava partida seguida sem derrota. A equipe é líder com um ponto de vantagem sobre o Flamengo. Logo após a partida o elenco embarcou para Atibaia, onde fica até sexta-feira, véspera do clássico com o Corinthians, no Itaquerão. Cuca quer usar o período de concentração para conversar com o elenco, pedir calma e testar possíveis novidades visando o jogo e para evitar o desgaste excessivo de alguns atletas.