22°
Máx
16°
Min

Cuca revela que colocou Gabriel Jesus em campo antes do que pretendia

(Foto: Agência Palmeiras) - Cuca revela que colocou Gabriel Jesus em campo antes do que pretendia
(Foto: Agência Palmeiras)

O Palmeiras precisou mudar o planejamento para poder vencer o São Paulo de virada, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Após a vitória por 2 a 1, o técnico Cuca explicou que colocou o atacante Gabriel Jesus no segundo tempo antes do que o desejado para arriscar e ganhar o clássico, que rendeu ao time manter a distância de três pontos na liderança.

Gabriel Jesus jogou apenas na etapa final porque atuou na noite anterior pela seleção brasileira, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, contra a Colômbia, em Manaus. O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, trouxe o jogador para a capital paulista em seu jatinho. "Não queria lançar o Gabriel com sete minutos do segundo tempo, queria por com 15, 20. Estou muito feliz porque ontem (terça-feira) ele jogou 90 minutos. Temos que agradecer ao Paulo Nobre", disse Cuca.

O atacante entrou quando o Palmeiras perdia por 1 a 0, gol de Chávez, e teve boa atuação pelo lado esquerdo do ataque, com dribles que cativaram a torcida. Depois dos gols da virada, marcados de cabeça pelos zagueiros Mina e Vitor Hugo, Gabriel Jesus ainda teve boa chance e só não marcou porque Denis fez ótima defesa. Cuca explicou que o plano de viagem, acompanhado por fisioterapia e alimentação regrada, possibilitaram a escalação do jogador.

"Era um risco muito grande colocar para jogar desde o começo. O que menos queria era vir aqui explicar se ele sofre uma lesão muscular. Seria da responsabilidade do treinador. Agora ele tem um bom tempo para se recuperar até o jogo de domingo, contra o Grêmio", comentou o treinador.

O garoto de 19 anos chegou ao estádio ouvindo música e foi embora ainda mais alegre pelo esforço ter sido válido. "Sempre é bom ganhar, pude dar um pouquinho ali, mas a equipe está de parabéns pelo jogo que fez. Não é fácil sair perdendo em casa e retornar para o jogo, conseguir a virada. A equipe foi muito guerreira."