22°
Máx
14°
Min

Del Bosque diz que deixar Casillas na reserva na Euro foi decisão 'dolorosa'

(Foto: Ricardo Stuckert) - Del Bosque diz que deixar Casillas na reserva na Euro foi decisão 'dolorosa'
(Foto: Ricardo Stuckert)

O técnico Vicent del Bosque revelou que deixar Iker Casillas na reserva da seleção espanhola na estreia da Eurocopa, na última segunda-feira, em Toulouse, foi a mais "dolorosa" decisão que tomou em toda a sua trajetória como comandante da equipe nacional. Embora hoje o ídolo amargue a posição de suplente até do Porto, clube que passou a defender após se consagrar no Real Madrid, ele tem toda uma história como ex-capitão e líder da seleção que se sagrou bicampeã europeia com os títulos de 2008 e 2012 e também conquistou a Copa do Mundo de 2010.

Para se ter uma ideia de quão delicada foi essa decisão, Del Bosque só revelou minutos antes do jogo que David de Gea seria o titular no confronto que a Espanha venceu a República Checa por 1 a 0 na primeira rodada do Grupo A da competição continental.

"Isso de o Iker não jogar é doloroso para mim. Ele é um jogador que temos de respeitar porque ele está há 14 anos aqui (na seleção)", afirmou o comandante em entrevista ao canal de TV espanhol Be Mad, ao comentar a situação atual do goleiro que perdeu o posto que vinha ocupando desde 2002.

No final das contas, pesou a melhor fase do goleiro do Manchester United, mas isso também significou tirar de Casillas essa que poderia ser a sua última Eurocopa como titular do gol da Espanha. "Tentei abordar as coisas o mais normalmente possível. Tive de falar com ele porque senti que ele merecia (ser titular pela história na seleção). Ele fez mais de 160 jogos (disputou 167 ao total). Sempre tentamos fazer a melhor escolha e a diferença (de qualidade entre Casillas e De Gea) é mínima", ressaltou Del Bosque.

Novo titular do gol da Espanha, De Gea estreou pela seleção principal em junho de 2014 e foi convocado para jogar a Copa do Mundo do mesmo ano, mas foi reserva de Casillas na competição realizada no Brasil e figurou como titular em apenas três jogos das Eliminatórias desta Eurocopa.

Embora não seja mais titular, Casillas, de 35 anos, teve o seu papel de líder exaltado por Del Bosque como ainda importante para a seleção espanhola. "Eu gostei da forma como Iker agiu no banco de reservas. Eu o vi muito sereno e relaxado. É bom ver os reservas vivendo o jogo e sentindo o sucesso como se estivesse em campo. Ele pode nos ajudar muito", enfatizou o treinador, que agora prepara a Espanha para enfrentar a Turquia, sexta-feira, às 16 horas (de Brasília), em Nice, pela segunda rodada do Grupo D da Eurocopa, antes de fechar a primeira fase contra a Croácia, no dia 21, em Bordeaux.