22°
Máx
14°
Min

Diretoria cobra elenco e mantém Marcelo Oliveira no comando do Palmeiras

(Foto: Divulgação)  - Diretoria cobra elenco e mantém Marcelo Oliveira no comando do Palmeiras
(Foto: Divulgação)

O técnico Marcelo Oliveira continua no comando do Palmeiras. Embora exista pressão de diversos lados sobre o presidente Paulo Nobre, o dirigente entende que o treinador ainda merece um voto de confiança e que o problema maior está, no momento, na postura de alguns atletas. Assim, os dirigentes devem focar a cobrança ao elenco.

Nesta segunda-feira, o grupo palmeirense teve uma reunião com a comissão técnica, Alexandre Mattos e Cícero Souza, na Academia de Futebol. Além de reverem alguns lances do jogo com a Ferroviárias, os atletas ainda foram cobrados pelos dirigentes, que estão incomodados com as más atuações dos últimos jogos.

Apesar da cobrança, boa parte dos dirigentes, inclusive alguns dos que Paulo Nobre se aconselha, acha que demissão de Marcelo Oliveira seria uma forma de dar um choque no elenco e fazer o time voltar aos trilhos. Entretanto, Nobre ainda não está convicto de que o problema está no treinador e teme que a mudança de comando neste momento faça com que o elenco fique ainda mais abalado.

O relacionamento de Marcelo Oliveira com os jogadores do Palmeiras é, no geral, bom. Existem alguns atletas insatisfeitos por estarem sendo pouco aproveitados, mas não chega a existir um racha no elenco. Embora veja os jogadores mais culpados no momento do que a comissão técnica, o fato é que tudo pode mudar dependendo do resultado de quinta-feira, contra o Rosario Central, no Allianz Parque, pela Libertadores.

Caso o Palmeiras não consiga a vitória, a pressão para a saída de Marcelo Oliveira será ainda maior, pois a vaga para a próxima fase da Copa Libertadores começará a ser questionada. Assim, aumentam as chances de Nobre ceder e dispensar o técnico, que tem contrato até o fim do ano.

Vale lembrar que pelo acordo selado entre Palmeiras e Marcelo Oliveira, caso o treinador seja demitido, o clube continuará pagando o salário até o fim da temporada. Em clima de desconfiança e muita pressão, o elenco do Palmeiras se reapresentou na tarde desta segunda-feira, na Academia de Futebol.