22°
Máx
17°
Min

Diretoria do Foz anuncia dispensas e projeta futuro

Foto: Redação em Campo - Diretoria do Foz anuncia dispensas e projeta futuro
Foto: Redação em Campo

Depois de encerrar o Campeonato Paranaense com uma grande vitória por 2 a 1 sobre o Paraná Clube em Curitiba, mas insuficiente para se classificar às semifinais, a diretoria do Foz do Iguaçu Futebol Clube anunciou na terça-feira, (12), algumas dispensas no elenco, especialmente dos atletas que não são pratas da casa.

São os casos de Daniel Baloi, Roberto, Hebert, Cícero, entre outros. Na temporada 2016, o Azulão da Fronteira superou as expectativas. 

Com um orçamento reduzido em relação ao ano anterior, o time era tido como um dos candidatos ao rebaixamento antes do campeonato começar, mas em todas as rodadas da primeira fase permaneceu entre os oito primeiros e conseguiu se classificar para as quartas de final.

“Esses jogadores foram guerreiros. Em 2015 tínhamos uma folha de 150 mil reais e chegamos às semifinais. Neste ano nossa folha não passou de 62 mil reais e conseguimos, além da manutenção da equipe na elite do futebol paranaense em 2017, chegarmos às quartas de final e voltarmos a vencer o Paraná Clube dentro da Vila Capanema”, disse o presidente do Foz, Arif Osman.

A formação de uma comissão técnica local, além de um plantel jovem, mesclado com atletas experientes, ocorreu muito mais por necessidade, do que planejamento inicial. Ainda assim, o resultado foi considerado altamente positivo e a diretoria deu indícios de que deve manter esse planejamento para o Paranaense 2017.

“Toda a comissão técnica, em especial o Ivan Carlos e o Negreiros, está de parabéns. Ousamos em lançar dentro de um campeonato tão competitivo tantos jovens atletas e o resultado foi além do esperado. Quando a competição teve início, queríamos a manutenção de nosso time na Primeira Divisão em 2017. Acabamos por ficar todas as rodadas da primeira fase dentro do G8 e alcançamos a vaga para as quartas-de-final da competição. Não passamos para a semifinal, mas terminamos a competição com orgulho e cientes de que todos deram o seu máximo para honrar a camisa do Azulão. A vitória sobre o Paraná Clube na Vila, fechou com chave de ouro o trabalho desses guerreiros”, comemora Osman.

Para o restante da temporada de 2016, o clube iguaçuense terá mais três competições: Paranaense Sub-19, Paranaense Feminino e Taça FPF, que dá ao campeão uma vaga na Série D do Brasileiro do ano que vem.

Colaboração: Bruno Zanette / Redação em Campo