23°
Máx
12°
Min

Dorival, Lucas Lima e presidente do Santos são punidos por polêmica contra Inter

(Foto: Divulgação)  - Dorival, Lucas Lima e presidente do Santos são punidos por polêmica
(Foto: Divulgação)

Toda a polêmica criada com a arbitragem do brasiliense Rodrigo Batista Raposo na derrota para o Internacional por 2 a 1, em Porto Alegre, no último dia 8, rendeu ainda mais dor de cabeça para o Santos. Nesta quarta-feira, em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, no Rio, dois jogadores do time - o meia Lucas Lima e o zagueiro Gustavo Henrique -, o técnico Dorival Júnior e o presidente Modesto Roma Júnior foram punidos.

Na partida, Lucas Lima foi expulso ainda no primeiro tempo. O meia santista recebeu dois cartões amarelos por, no entender do árbitro, estar retardando o reinício da partida. Na saída de campo, Gustavo Henrique se irritou com a arbitragem de Rodrigo Batista Raposo e afirmou que ele estava "mal-intencionado".

Por causa desta declaração após a derrota do Santos, Gustavo Henrique foi suspenso por duas partidas. A mesma punição foi dada a Dorival Júnior, que também havia reclamado da arbitragem depois do confronto.

Já o presidente Modesto Roma Júnior foi suspenso por 90 dias e terá que pagar uma multa de R$ 40 mil. A declaração do mandatário santista depois da partida foi a mais forte em relação à arbitragem. "Peguem os últimos jogos deste cidadão. Sempre o mandante venceu! Quem falou que esse cidadão sabe apitar. O que ele fez não foi severidade. Ele foi com a intenção de fazer o que fez. Quem é o amigo desse cidadão? Quem é o padrinho? Ele é de Brasília, né? Tem um mercadinho lá", afirmou na época.

Nesta quarta-feira, o dirigente santista esteve presente ao julgamento e confirmou o que disse em Porto Alegre. "Colocaram um árbitro que apita pouco. Eu perguntei quem foi o padrinho do Raposo porque ele é aspirante à Fifa e isso tem que ter uma indicação. A arbitragem naquele 8 de setembro foi desastrosa, ruim. Prejudicou naquele jogo e no jogo seguinte... Acho que o Rodrigo Raposo não está preparado para apitar jogos da Série A. Disse e repito que ele tem que estar afastado do futebol".

Todas as punições cabem recurso e o departamento jurídico do Santos tentará efeito suspensivo em todos os casos. Se não conseguir, Gustavo Henrique e Dorival Júnior estarão fora das partidas contra Sport, neste sábado, no Recife, e contra o Atlético Paranaense, no próximo dia 1.º, na Vila Belmiro. Lucas Lima já cumpriu o jogo de suspensão e está livre.