22°
Máx
17°
Min

Draxler brilha e Wolfsburg supera Gent fora na Liga dos Campeões

(Foto: Divulgação/Getty Images)  - Draxler brilha e Wolfsburg supera Gent fora na Liga dos Campeões
(Foto: Divulgação/Getty Images)

O Wolfsburg levou um susto do Gent nos minutos finais, mas saiu em vantagem na primeira parte do confronto que vale vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões. Jogando na Bélgica, nesta quarta-feira, o time alemão abriu 3 a 0 com facilidade sobre os anfitriões e indicava uma tranquila goleada. Contudo, o Gent cresceu nos minutos finais, marcou dois gols e quase buscou o empate. Levando sufoco, o Wolfsburg garantiu o triunfo por 3 a 2.

Até o início da reação do time belga, Julian Draxler foi o grande destaque da partida, com dois belos gols. Max Kruse anotou o outro gol dos visitantes. Sven Kums e Kalifa Coulibaly, aos 44 minutos do segundo tempo, descontaram para os anfitriões.

Apesar do susto no fim, o Wolfsburg tem boa vantagem para o jogo da volta, quando definirá a vaga nas quartas de final diante de sua torcida. Mesmo uma derrota por 1 a 0 ou 2 a 1, no dia 8 de março, garante os alemães na próxima fase

Diante de um rival mais forte, o Gent iniciou o jogo sem arriscar. Apesar do apoio da torcida, era cauteloso e adiantava a marcação. Mas não impediu que Draxler criasse a primeira boa chance de gol da partida logo aos 5 minutos. O time belga arriscou a primeira aos 10, quando Foket, sem marcação, encheu o pé dentro da área e mandou longe do gol.

Bem postada, a defesa do Gent resistia bem, até mesmo diante de sustos, como aconteceu quando o Wolfsburg atacou pela direita, aos 24. Ao tentar desviar, o zagueiro belga quase mandou contra as próprias redes.

O equilíbrio do jogo no primeiro tempo foi quebrado aos 44 minutos. Em uma linda jogada, Draxler arrancou do meio-campo e disparou pela esquerda, de onde tabelou com Vieirinha e completou com um forte chute para as redes.

O intervalo não baixou o ritmo de Draxler. Aos 8 do segundo tempo, o alemão marcou mais um belo gol. Ele roubou a bola na intermediária, invadiu a área e bateu de cobertura, na saída do goleiro Sels.

A vantagem, que já era boa, ficou ainda melhor quando Kruse escorou cruzamento da direita e só escorou para as redes, aos 14. No lance seguinte, o Wolfsburg carimbou a trave, indicando que a goleada era apenas uma questão de tempo.

Mas o Gent resistiu e surpreendeu com uma forte pressão nos minutos finais. Aos 36, Sven Kums investiu pela esquerda, cortou para dentro, na área, e bateu para o gol, diminuindo a vantagem dos visitantes.

Nos minutos seguintes, o ataque belga cresceu em campo e acumulou chances perdidas. Antes do apito final, Kalifa Coulibaly cabeceou na primeira trave e reduziu ainda mais a vantagem do Wolfsburg, aos 44. Era tarde demais para buscar o empate, mas decisivo para ganhar moral para o jogo da volta e ampliar suas chances de classificação.