24°
Máx
17°
Min

Elias baixa o tom, mas reitera que vaias da torcida do Corinthians atrapalham

(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians) - Elias baixa o tom, mas reitera que vaias atrapalham
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

O volante Elias baixou o tom nesta terça-feira, mas voltou a criticar a torcida do Corinthians, que vaiou o time e o técnico Cristóvão Borges no empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, segunda-feira, no Pacaembu. O jogador, que havia dito que os corintianos pareciam são-paulinos, pois só criticavam, usou sua página no Facebook para explicar o que quis dizer e reafirmou que as vaias atrapalham a equipe.

"Torcida Fiel e apaixonada pelo Corinthians, nossa torcida é INCOMPARÁVEL, pois o nome já diz FIEL, porque em toda a nossa história, (em) todos os nossos títulos, vocês tiveram uma contribuição enorme pra todas as conquistas, e nos momentos ruins estiveram apoiando, como o grito: EU NUNCA VOU TE ABANDONAR...", escreveu Elias, antes de repreender a torcida.

"Mas alguns acontecimentos, em jogos na nossa casa, algumas críticas, vaias e murmúrios, estão sim atrapalhando e prejudicando a equipe que sempre está em busca (às vezes bem, às vezes mal) e honrando essa camisa sofredora", reclamou o volante.

"Quando vaiam ou criticam qualquer membro do nosso grupo, vocês estão vaiando e jogando contra o Corinthians, porque nós estamos representando os mais de 30 milhões de torcedores do clube. Trabalhamos e lutamos sempre pra melhorar e honrar essa camisa...", afirmou. "Precisamos do apoio INCONDICIONAL, de todos os amantes do Corinthians, porque só assim, tendo essa a união, seremos mais fortes e lutaremos juntos até o final."

Elias está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e por isso não enfrenta o Grêmio, domingo, às 11h, na Arena do Grêmio. O reencontro com a torcida corintiana será no dia 22, diante do Vitória, no Itaquerão, pela 21ª rodada.