20°
Máx
14°
Min

Em Brasília, Cruzeiro ganha a primeira no Brasileirão e complica o Botafogo

(Foto: Divulgação)  - Em Brasília, Cruzeiro ganha a primeira no Brasileirão e complica o Botafogo
(Foto: Divulgação)

O Cruzeiro conseguiu um importante resultado ao vencer o Botafogo por 1 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Além de ser a primeira vitória na Série A e também do técnico português Paulo Bento, o resultado fora de casa na quinta rodada tirou o clube mineiro da zona do rebaixamento.

Com cinco pontos e na 13.ª posição, o Cruzeiro recebe neste domingo o São Paulo, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Com quatro pontos, em 15.º e com risco de cair mais uma colocação ao término da rodada, o Botafogo enfrenta o Santos, também no domingo, no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Os vários desfalques do técnico Ricardo Gomes pesaram. Sem ter a mesma organização dos primeiros jogos, o Botafogo foi dominado com facilidade pelo Cruzeiro na etapa inicial. Aos 10 minutos, o time mineiro quase marcou com Robinho, em cruzamento. O goleiro Helton Leite se atrapalhou, mas conseguiu mandar para escanteio.

Na única chance que criou, em contra-ataque, o time carioca viu Anderson Aquino cruzar e Bruno Viana tirar de Ribamar a chance de abrir o placar. Sem muita dificuldade, o Cruzeiro retomou o controle e marcou aos 26 minutos. Élber recebeu ótimo lançamento de Robinho, avançou e chutou forte de esquerda. A bola passou debaixo das pernas de Helton Leite e entrou: 1 a 0.

Ainda no primeiro tempo, o Cruzeiro quase marcou mais quatro vezes - com Riascos, Bruno Rodrigo e Élber, em duas tentativas. No intervalo, Ricardo Gomes mudou a equipe, mas sem sucesso. Os mineiros continuaram melhores, principalmente quando Robinho era acionado. Aos quatro minutos, o meia lançou Riascos, que perdeu ótima chance na área.

A superioridade celeste só diminuiu com a saída de Robinho, cansado, para a entrada de Marciel. Ricardo Gomes viu a brecha e lançou um atacante. Poderia ter empatado aos 21 minutos, mas Ribamar foi agarrado na entrada da área e o árbitro não marcou falta. Aos 33, Sassá aproveitou escanteio e cabeceou na trave.

O gol alvinegro estava cada vez mais próximo. Aos 36 minutos, a zaga celeste se atrapalhou e quase viu o chute de Anderson Aquino entrar. Na base da pressão, o time avançou, mas voltou a pecar na finalização, sem conseguir vazar o goleiro Fábio e evitar a derrota de 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 x 1 CRUZEIRO

BOTAFOGO - Helton Leite; Diego, Emerson Silva, Emerson Santos e Victor Luís; Bruno Silva, Dierson, Fernandes (Neilton) e Salgueiro (Leandrinho); Anderson Aquino e Ribamar. Técnico: Ricardo Gomes.

CRUZEIRO - Fábio; Lucas, Bruno Viana, Bruno Rodrigo e Bryan; Henrique, Lucas Romero, Élber (Willian), Robinho (Marciel) e Arrascaeta; Riascos (Alisson). Técnico: Paulo Bento.

GOL - Élber, aos 26 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Anderson Aquino (Botafogo); Marciel, Bruno Viana e Bruno Rodrigo (Cruzeiro).

ÁRBITRO - Elmo Alves Resende Cunha (GO).

RENDA - R$ 467.030,00.

PÚBLICO - 7.057 pagantes.

LOCAL - Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).