27°
Máx
13°
Min

Em dia de recorde de goleiro, Hungria vence a Áustria na estreia na Eurocopa

Em uma partida histórica para o seu goleiro, a seleção da Hungria sobreviveu ao domínio da Áustria no primeiro tempo e estreou com vitória na Eurocopa, nesta terça-feira, ao marcar seus gols na segunda etapa e garantir o triunfo por 2 a 0, no confronto válido pela primeira rodada do Grupo F e que foi disputado em Bordeaux.

O duelo desta terça foi histórico para o goleiro Gabor Kiraly, pois ele se tornou o jogador mais velho a disputar um jogo da Eurocopa, aos 40 anos e 75 dias. Assim, ele superou a marca do alemão Lothar Matthaus, que entrou em campo aos 39 anos e 91 dias, na edição de 2000 do torneio continental, em partida contra Portugal.

Curiosamente, Kiraly fez sua estreia pela seleção da Hungria exatamente diante da Áustria, há 18 anos, defendendo uma cobrança de pênalti. E nesta terça, ele voltou a ter trabalho e a se sair bem diante dos austríacos, que era favorita do duelo e apresentou grande volume de jogo no primeiro tempo, sendo liderada pelo versátil David Alaba - o atacante Marc Janko, outra estrela do time, teve atuação apagada.

Mas a Áustria, que se classificou para a Eurocopa invicta, acabou sendo derrotada logo no seu primeiro jogo na edição de 2016 do torneio. Agora terá que buscar a reabilitação diante de Portugal, considerada a principal força do Grupo F, em partida marcada para o próximo sábado, em Paris. No mesmo dia, a Hungria terá pela frente a Islândia, em Marselha.

O JOGO - A Áustria dominou a partida no primeiro tempo, com a maior parte das suas ações ofensivas se concentrando em Alaba, que acertou a trave logo no primeiro minuto, com um chute da entrada da grande área. Pouco depois, aos dez, Alaba recebeu passe de Marko Arnautovic dentro da grande área e finalizou de primeira, parando em Kiraly.

Porém, depois desse início em ritmo forte, a partida perdeu em intensidade. A Áustria, porém, seguiu sendo superior, mas quase sempre esbarrando em Kiraly, como aos 35 minutos, quando um chute forte de Junuzovic foi defendido pelo goleiro.

A dinâmica do jogo se alterou na etapa final. A seleção da Hungria passou a se lançar mais ao ataque e criar algumas oportunidades de gol, abrindo o placar aos 18, com Szalai. Ele fez tabela com Kleinheisler e finalizou para as redes.

Para piorar a situação da Áustria, Dragovic foi expulso aos 21 minutos, após receber o seu segundo cartão amarelo. Como os austríacos avançavam para tentar arrancar o empate, a seleção húngara passou a ter espaços para contra-atacar.

Assim, depois de desperdiçar algumas chances, a Hungria marcou o seu segundo gol na partida. Em um desses contra-ataques, Stiebler avançou e, de frente para Almer, tocou por cima do goleiro, marcando um golaço aos 43 minutos e garantindo a vitória húngara em Bordeaux.

FICHA TÉCNICA

ÁUSTRIA 0 x 2 HUNGRIA

ÁUSTRIA - Almer; Fuchs, Hinteregger, Dragovic e Klein; Alaba, Baumgartlinger, Arnautovic e Junuzovic (Sabitzer); Harnik (Schopf) e Janko (Okotie). Técnico: Marcel Koller.

HUNGRIA - Kiraly; Fiola, Guzmics, Lang e Kadar; Gera, Nagy, Kleinheisler (Stiebler) e Nemeth (Pinter); Dzsudzsak e Szalai (Priskin). Técnico: Bernd Storck.

GOLS - Szalai, aos 18, e Stiebler, aos 43 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Clément Turpin (França).

CARTÃO AMARELO - Nemeth (Hungria).

CARTÃO VERMELHO - Dragovic (Áustria).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Stade de Bordeaux, em Bordeaux (França).