28°
Máx
17°
Min

Em jogo fraco, Flamengo quebra jejum e vence Sport na 1ª rodada do Brasileiro

Diferentemente do que aconteceu nos últimos quatro anos, o Flamengo não decepcionou ao estrear na Série A de 2016. Com um gol logo no início, aos quatro minutos, o time carioca venceu o Sport por 1 a 0, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Apesar de jogar mal, a equipe de Muricy Ramalho conseguiu quebrar um jejum que durava desde 2011, quando ganhou pela última vez na 1ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Antes de voltar a jogar pela Série A, contra o Grêmio, no próximo dia 22, em Porto Alegre, o Flamengo enfrenta o Fortaleza, na quarta-feira, pela Copa do Brasil, para reverter a derrota de 2 a 1 sofrida no primeiro jogo deste mata-mata. Já o Sport recebe o Botafogo, na Ilha do Retiro, no próximo dia 22.

Com uma postura bem ofensiva, o Flamengo parecia incomodado e disposto a acabar com a má fase e pressão pelo início sem empolgação da equipe. Aos três minutos, só não abriu o placar por causa de Durval, que interceptou bola que iria deixar livre Emerson Sheik em boas condições para marcar. Praticamente na sequência veio o gol. Aos quatro, Willian Arão cruzou e Everton completou para a rede: 1 a 0.

Vice-campeão estadual, o Sport sentiu a pressão adversária e não conseguia organizar o jogo. Atrás no placar, se lançou ao ataque, mas sem qualidade. Deu o contra-ataque para o time carioca, que não soube aproveitar e também não conseguiu mais criar problema para Magrão no primeiro tempo.

No segundo tempo, a situação da equipe pernambucana piorou logo no primeiro minuto, quando Rithely deu uma solada em Cuéllar e foi expulso. Com um a mais em campo, o rubro-negro voltou a ter controle da partida, mas com raras chances de gol. Aos 8, quase marcou, com Guerrero, em bola ajeitada por Everton. A bola foi para fora.

Depois disso, não mais finalizou. Insatisfeito, o técnico Muricy Ramalho tirou até o atacante Guerrero, que saiu insatisfeito após partida apagada. Sem o peruano, os cariocas melhoraram e quase marcaram, aos 32, com Ederson. Foi a primeira defesa de Magrão na partida. Nos acréscimos, o goleiro fez mais duas boas intervenções, em chutes de Alan Patrick e Marcelo Cirino, e evitou um prejuízo maior pata a equipe pernambucana no fraco jogo em Volta Redonda.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 x 0 SPORT

FLAMENGO - Paulo Victor; Rodinei, Léo Duarte, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão e Mancuello (Alan Patrick); Emerson Sheik (Marcelo Cirino), Everton e Guerrero (Ederson). Técnico: Muricy Ramalho.

SPORT - Magrão; Samuel Xavier, Oswaldo Henriquez, Durval e Renê; Rithely, Gabriel Xavier, Mark González (Serginho), Diego Souza e Lenis (Túlio Melo); Vinícius Araújo (Neto Moura). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

GOLS - Everton, aos 4 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido de Souza (SP).

CARTÕES AMARELOS - Guerrero e Emerson Sheik (Flamengo); Serginho (Sport).

CARTÃO VERMELHO - Rithelly (Sport).

PÚBLICO - 7.863 pagantes (9.382 no total).

RENDA - R$ 136.920,00.

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).