23°
Máx
12°
Min

Em jogo polêmico, Flamengo vence clássico Fla-Flu e encosta no líder Palmeiras

Em jogo polêmico, Flamengo vence clássico Fla-Flu e encosta no líder

A arbitragem de Sandro Meira Ricci roubou a cena do jogo em que o Flamengo ficou ainda mais vivo no Campeonato Brasileiro ao vencer o Fluminense por 2 a 1, nesta quinta-feira, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pela 30.ª rodada. Aos 39 minutos do segundo tempo, o árbitro marcou impedimento no gol de Henrique, recuou, validou o gol e, por fim, anulou novamente. A discussão do lance teve longos 13 minutos de paralisação até a decisão final.

Apesar do confuso jogo e da arbitragem polêmica, o time rubro-negro, além de ter espantado a incômoda marca de ter vencido apenas um dos sete clássicos na temporada, tem motivos para comemorar com o empate sem gols do Palmeiras com o Cruzeiro, em Araraquara (SP).

Com os resultados desta quinta-feira, apenas um ponto separa o Flamengo do líder paulista, que tem 61 pontos. De olho no título e com a chance de assumir a primeira colocação, o time do técnico Zé Ricardo enfrenta o Internacional, neste domingo, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Ainda no G6, com 46 pontos, mas ameaçado por Grêmio, Corinthians e Atlético Paranaense, o Fluminense recebe o São Paulo, nesta segunda-feira, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ).

Fora os primeiros minutos, quando o Fluminense surpreendeu o adversário com uma escalação ofensiva, o primeiro tempo foi de muito equilíbrio. O time tricolor teve a primeira chance, quando Richarlison limpou a jogada e chutou forte de fora da área. Mesmo sem fazer uma boa partida, o Flamengo deu grande resposta. Aos 11 minutos, Diego levantou na área e William Matheus fez contra: 1 a 0. Apesar de não ter encostado na bola, Leandro Damião foi considerado o autor do gol.

Com a forte marcação do time de Zé Ricardo, Gustavo Scarpa era o único que tentava algo diferente. Em uma das boas jogadas do meia, Wellington Silva não deu sequência. Aos 30 minutos, Marcos Júnior teve a chance do empate, quando a defesa rubro-negra rebateu mal a bola. O atacante dominou na grande área, mas chutou para fora, longe do gol defendido por Alex Muralha.

No início do segundo tempo, o empate. No primeiro minuto, Gustavo Scarpa levantou na área, Cícero ajeitou e Marcos Júnior completou para o gol: 1 a 1. O gol deu novo ânimo para o time tricolor, que implantou uma forte pressão no adversário. Porém, uma falha de Wellington Silva deu nova vantagem para Fernandinho, que aproveitou o erro do lateral-direito, na pequena área, e fez 2 a 1 Flamengo.

O terceiro gol quase veio em falha grotesca de Júlio César, que errou domínio de bola, após recuo, e viu a bola sair para escanteio. Aos 30 minutos, o técnico Levir Culpi arriscou com as entradas de Magno Alves e Marquinho. O time cresceu em campo e quase empatou aos 32, em chute para fora de Gustavo Scarpa.

Aos 39 minutos, a polêmica da partida. Após cruzamento na área, Henrique cabeceou e empatou o jogo. Inicialmente, o árbitro marcou impedimento, mas voltou atrás após reclamação do zagueiro e validou o gol. Novo tumulto foi iniciado. Após 13 minutos de discussão, Sandro Meira Ricci recuou novamente e anulou o gol: 2 a 1.

O jogo ficou nervoso, com lances ríspidos. Aos 53 minutos, Wellington Silva entrou na área e finalizou duas vezes em cima de Alex Muralha. Aos 57, nova pressão, em cobrança de escanteio. Com todos na defesa, o Flamengo se defendeu como pôde e assegurou a polêmica vitória em Volta Redonda para seguir vivo pelo título.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 x 2 FLAMENGO

FLUMINENSE - Júlio César; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre (Marquinho), Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington, Marcos Júnior (Magno Alves) e Richarlison (Henrique Dourado). Técnico: Levir Culpi.

FLAMENGO - Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Marcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick (Éverton) e Diego; Fernandinho (Marcelo Cirino) e Leandro Damião (Emerson). Técnico: Zé Ricardo.

GOLS - Leandro Damião, aos 11 minutos do primeiro tempo; Marcos Júnior, a 1, Fernandinho, aos 8 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Gustavo Scarpa e Wellington Silva (Fluminense); Marcelo Cirino, Jorge e Alan Patrick (Flamengo).

ÁRBITRO - Sandro Meira Ricci (Fifa/SC).

RENDA - R$ 362.350,00.

PÚBLICO - 9.008 pagantes (11.156 no total).

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).