21°
Máx
17°
Min

Em reencontro de Klopp com Borussia Dortmund, Liverpool empata na Alemanha

No reencontro do técnico Jürgen Klopp com a torcida do Borussia Dortmund, nem alemães e nem os ingleses do Liverpool saíram com a vitória nesta quinta-feira, no estádio Signal Iduna Park. Mas o empate por 1 a 1 deixa o time visitante em vantagem nestas quartas de final da Liga Europa. Com o resultado, o atual time de Klopp avança à semifinal em caso de empate sem gols no jogo da volta, marcado para próxima quinta, no Anfield Road.

Foi o único empate dos duelos de ida das quartas de final. Nesta mesma quinta, o Sevilla bateu o Athletic Bilbao por 2 a 1, fora de casa, enquanto o Villarreal superou o Sparta Praga pelo mesmo placar, diante de sua torcida. Já o Shakhtar Donetsk bateu o Braga, também por 2 a 1, longe dos seus domínios. Todos os duelos da volta serão disputados na próxima quinta.

Conhecido pelo domínio que costuma impor em casa, o Borussia Dortmund não conseguiu controlar a partida nos primeiros minutos. Num duelo truncado, o time alemão só chegou ao ataque aos 16, em finalização desperdiçada por Reus. Sem se intimidar, o Liverpool se destacava no meio-campo, evitando a pressão do anfitrião.

O Borussia só passou a ter certo domínio a partir dos 29 minutos, quando emplacou uma boa sequência de chances no ataque. Aubameyang iniciou a série em tentativa frustrada em cobrança de falta. Mkhitaryan arriscou aos 33, em jogada pelo meio e finalização rasteira, também perigosa.

Enquanto o Borussia acumulava oportunidades, o Liverpool só precisou de um bom ataque para abrir o placar. Aos 35, Milner desviou de cabeça um lançamento da defesa e achou Origi dentro da área. Ele conteve a marcação e bateu para as redes. Jürgen Klopp comemorou, sem esconder a empolgação. Na sequência, aos 38, Philippe Coutinho foi derrubado dentro da área. O juiz ignorou o lance, diante da reclamação dos jogadores do Liverpool.

O empate dos alemães veio no início do segundo tempo. O Borussia só precisou de dois minutos para a balanças as redes. Hummels surgiu no meio da defesa, após cruzamento da direita, para cabecear para o gol.

O Liverpool tentou responder aos 5 minutos. Mas parou em Roman Weidenfeller. O goleiro alemão emplacou uma sequência de três defesas incríveis, evitando o segundo gol dos ingleses.

Daí em diante, o duelo ganhou em equilíbrio, com alternância de bons momentos nas duas equipes. Klopp colocou Roberto Firmino e Sturridge em campo, nas vagas de Lallana e Origi, melhor jogador do Liverpool no primeiro tempo. Mas não teve sucesso. Philippe Coutinho, discreto em campo, fez falta na armação. Apesar disso, os ingleses saíram de campo com vantagem para o segundo jogo.

OUTROS RESULTADOS - No clássico espanhol desta Liga Europa, a bola só acertou as redes no segundo tempo. E o primeiro a marcar foi Aritz Aduriz aos três minutos, levantando a torcida da casa, em Bilbao. Mas a festa durou pouco. Thimothee Kolodziejczak empatou aos 10 e Vicente Iborra decretou a virada do Sevilla, aos 37 minutos da segunda etapa.

Em outro jogo disputado em solo espanhol, o Villarreal abriu o placar logo aos 2 minutos, contando com uma enorme ajuda do goleiro Bicík. Pressionado na saída de bola, foi bloqueado por Cedric Bakambu na pequena área e viu a bola morrer no fundo das redes, em lance inusitado.

Nos acréscimos do primeiro tempo, o Sparta Praga empatou em cabeçada de Jakub Brabec. Na segunda etapa, Bakambu voltou a deixar os espanhóis na frente. Com gol aos 17, garantiu a vitória dos anfitriões.

Em Braga, o Shakhtar Donetsk balançou as redes no fim do primeiro tempo, com gol de Yaroslav Rakitskiy. E aumentou a vantagem, com Facundo Ferreyra, em rápido contra-ataque, aos 30 da etapa final. O time português deu esperanças à torcida ao descontar aos 44 minutos, com gol de Wilson Eduardo.