Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Em reformulação, 16 jogadores já deixaram o Paraná

Zagueiro Pitty não agradou a diretoria nem a torcida e não segue o Tricolor. (Foto: William Bittar) - Em reformulação, 16 jogadores já deixaram o Paraná
Zagueiro Pitty não agradou a diretoria nem a torcida e não segue o Tricolor. (Foto: William Bittar)

O Paraná Clube sempre conviveu com a fama de não conseguir segurar jogadores no final das temporadas, mas dessa vez, o próprio clube decidiu por não renovar com boa parte do elenco. Até agora, 16 atletas deixaram a Vila Capanema e a lista pode aumentar justamente por opção da diretoria e da nova comissão técnica. As chegadas dos dirigentes Rodrigo Pastana e Tcheco e do treinador Wagner Lopes fez o clube repensar os planos para 2017.

Se tratando de reforços, além dos novos dirigentes e do treinador, o Tricolor anunciou apenas a contratação do meia Alex Santana que estava no Guarani. A única renovação até agora é a do goleiro Marcos, 40 anos, ídolo da torcida e dos próprios dirigentes. O arqueiro inclusive já reduziu o salário nos últimos anos para permanecer na Vila Capanema.

Dos atletas que não ficam no clube em 2017, o mais ‘grave’ é o meia Nadson, destaque da equipe e que conseguiu a rescisão na Justiça após alegar atrasos nos salários.

Os atletas que já saíram são: Guilherme Queiroz, atacante (São Bento); Henrique Gelain, lateral (Coritiba); Henrique, atacante (Atlético-MG); João Paulo, zagueiro (São Bento); Karanga, atacante (sem clube); Leandro Silva, lateral (J. Malucelli); Leonardo, zagueiro (Santo André); Lucas Otávio, volante (Santos); Lucas Taylor, lateral (Palmeiras); Murilo Prates, goleiro (Rio Preto); Nadson, meia (sem clube); Núbio Flávio, atacante (Tigres-RJ); Pitty, zagueiro (São Bento); Wellington Reis, volante (J. Malucelli); Wendell, goleiro (Vila Nova) e Zé Roberto, zagueiro (Veranópolis).