21°
Máx
17°
Min

Debaixo de chuva, Operário perde a terceira e amarga a lanterna

Fora de casa pela primeira vez no Paranaense, Fantasma perdeu por 1 a 0 para o Jotinha (Foto: Divulgação / Luciano Mendes) - Debaixo de chuva, Operário perde a terceira e amarga a lanterna
Fora de casa pela primeira vez no Paranaense, Fantasma perdeu por 1 a 0 para o Jotinha (Foto: Divulgação / Luciano Mendes)

Não deu para o Operário. Jogando no Ecoestádio Janguito Malucelli, o Fantasma perdeu por 1 a 0 para o JMalucelli e agora amarga a última posição do Campeonato Paranaense. Foi a terceira derrota consecutiva do time em três rodadas de competição. A torcida protestou e já começou a pedir a saída do técnico Antônio Picoli, que assumiu a responsabilidade pela derrota.

“O Operário teve as chances no primeiro tempo, mas o Jota teve uma oportunidade no segundo e fez. A responsabilidade é de quem comanda e eu preciso encontrar uma maneira de fazer essa equipe jogar um pouco mais solta”, declarou o treinador logo após a derrota.

Embaixo de muita chuva, o Fantasma teve um bom volume de jogo e conseguiu criar algumas chances de gol, principalmente nas bolas paradas. O Alvinegro chegou a marcar um gol aos 40 minutos com Sosa, mas o árbitro assinalou impedimento.

Na segunda etapa, o Operário tentou manter o ritmo de jogo mas, novamente, teve dificuldades na hora da finalização e não conseguiu abrir o placar. Aos 15 minutos, foi a vez do Jotinha aproveitar um erro da defesa alvinegra e marcar o único gol da partida com Vandinho. O Operário pressionou e criou novas oportunidades, mas não conseguiu empatar.

Agora na lanterna do Paranaense depois de três rodadas, o Operário volta a jogar em casa no próximo domingo (14), no estádio Germano Krüger, contra o Maringá, a partir das 17 horas.

Colaboração Assessoria de Imprensa.