27°
Máx
13°
Min

Estados Unidos vencem, eliminam Paraguai e avançam às quartas da Copa América

(Foto: Divulgação)  - Estados Unidos vencem, eliminam Paraguai e avançam às quartas da Copa América
(Foto: Divulgação)

Apoiados por grande público nas arquibancadas, os Estados Unidos consolidaram a sua recuperação na Copa América Centenário neste sábado à noite, no Lincoln Financial Field, na Filadélfia, ao vencerem o Paraguai por 1 a 0 e assegurarem classificação às quartas de final da competição continental.

Derrotada pela Colômbia na estreia, a seleção anfitriã do torneio continental depois goleou a Costa Rica e agora fechou a primeira fase com seis pontos no Grupo A, eliminando os paraguaios, que somaram apenas um ponto em três jogos, e por tabela também os costarriquenhos, que iniciaram a última rodada desta chave com somente um ponto e não podem mais alcançar os dois primeiros colocados.

Classificada por antecipação, com duas vitórias em dois jogos, a seleção colombiana enfrenta a Costa Rica ainda na noite deste sábado apenas para se garantir no topo isolado do Grupo A. O Paraguai, por sua vez, caiu pela primeira vez desde 2001 na primeira fase de uma Copa América, sendo que nesta edição o Uruguai também já foi eliminado de forma precoce e apenas cumprirá tabela na segunda-feira, contra a Jamaica, no fechamento do Grupo C.

O único gol do triunfo dos norte-americanos foi marcado por Dempsey, aos 26 minutos do primeiro tempo. Depois de Zardes ir até a linha de fundo e cruzar rasteiro da esquerda, o meio-campista entrou batendo forte de primeira para balançar as redes.

O Paraguai acabou pagando pela sua ineficiência ofensiva, que já havia ficado clara anteriormente no empate por 0 a 0 com a Costa Rica na estreia e na derrota por 2 a 1 para a Colômbia. Aos 44 minutos do primeiro tempo do duelo deste sábado, por exemplo, Lezcano foi lançado nas costas da zaga e ficou cara a cara com Guzan, mas tocou fraco nas mãos do goleiro norte-americano.

Na etapa final, os Estados Unidos começaram a se complicar graças a duas faltas infantis do lateral Yedlin que lhe custaram dois cartões amarelos e a consequente expulsão, já aos 2 minutos. Inicialmente levou o primeiro amarelo após uma entrada dura com um carrinho. E, segundos depois, conseguiu a proeza de fazer nova falta forte, desta vez em Samúdio, ao escorregar na marcação e acertar o seu adversário em cheio, obrigando o árbitro a lhe mostrar o vermelho.

Mesmo com um homem a menos em campo, porém, os donos da casa conseguiram se segurar na defesa, que acabou sendo recomposta com a entrada de Orozco no lugar de Dempsey. Do outro lado, mesmo após sacar o zagueiro corintiano Balbuena para entrada do atacante Iturbe desde o intervalo, o Paraguai sofria para criar jogadas ofensivas.

Em uma rara oportunidade clara de gol, os paraguaios pararam por duas vezes em Guzan aos 36 minutos. Após ser abafado pela zaga em um arremate, Benítez pegou o rebote e finalizou de novo, mas o goleiro rebateu. E, após novo rebote, Almirón chutou novamente e parou em outra boa intervenção de Guzan.

O árbitro da partida ainda deu seis minutos de acréscimo no final da partida, mas os norte-americanos seguraram a pressão paraguaia sem maiores problemas para avançarem às quartas de final da Copa América Centenário.

FICHA TÉCNICA

ESTADOS UNIDOS 1 X 0 PARAGUAI

ESTADOS UNIDOS - Guzan; Yedlin, Cameron, Brooks e Fabian Johnson; Jermaine Jones,

Bradley, Bedoya (Zusi) e Dempsey (Orozco); Bobby Wood (Beckerman) e Zardes. Técnico:

Jürgen Klinsmann.

PARAGUAI - Villar; Paulo da Silva, Balbuena (Iturbe), Gustavo Gómez e Samudio; Celso Ortiz (Rodrigo Rojas), Victor Ayala e Almirón; Lezcano, Derlis González e Sanabria (Jorge Benítez). Técnico: Ramón Díaz.

GOL - Dempsey, aos 26 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Julio Bascuñán (CHI).

CARTÕES AMARELOS - Ortiz, Rojas e Ayala (Paraguai), Bradley, Jones e Orozco (Estados Unidos).

CARTÃO VERMELHO - Yedlin (Estados Unidos).

PÚBLICO - 51.041 espectadores.

RENDA - Não disponível.

LOCAL - Lincoln Financial Field, na Filadélfia (EUA).