20°
Máx
14°
Min

Ex-técnico do Torino vai assumir a seleção da Itália após a Eurocopa

O nome do substituto de Antonio Conte à frente da seleção italiana após a disputa da Eurocopa está definido. Nesta terça-feira, a Federação Italiana de Futebol anunciou que Giampero Ventura assumirá o comando da equipe após a disputa do torneio continental na França, marcado para começar na próxima sexta.

Ventura deixou o comando do Torino ao fim da última temporada. Depois disso, a imprensa italiana vinha dando como certo o seu acerto para comandar a Itália, o que acabou sendo confirmado nesta terça, após uma reunião para a assinatura do contrato na sede da federação.

Após conquistar três títulos consecutivos do Campeonato Italiano pela Juventus, Conte assumiu o comando da seleção depois do seu fracasso na Copa do Mundo de 2014. Ele levou a Itália a se classificar para a Eurocopa, mas anunciou meses antes do torneio a sua decisão de sair do cargo para assumir o comando do Chelsea a partir da próxima temporada.

Curiosamente, Ventura também vai praticamente "trocar" um time de Turim pela seleção italiana. O treinador, de 68 anos, estava no comando do Torino há cinco temporadas. Logo no seu primeiro ano à frente do time, ele o levou de volta à elite do futebol italiano. Nas temporadas 2013/2014 e 2014/2015, o Torino ficou entre os dez primeiros colocados do Campeonato Italiano. Na última, o time fechou a competição em 12º lugar.

Apesar de trabalhar como técnico há mais de 30 anos, com passagens por clubes como Cagliari, Napoli, Sampdoria, Udinese e Verona, Ventura possui um currículo modesto, tanto que só conquistou um título na sua carreira, em 1996, quando foi campeão da terceira divisão italiana pelo Lecce.

Assim, a oportunidade de dirigir a seleção da Itália, dona de quatro títulos mundiais, é, disparada, a maior da sua carreira. Já no Torino, ele será sucedido por Sinisa Mihajlovic, que foi demitido do comando do Milan durante a última temporada.

Ainda sob o comando de Conte, a Itália vai estrear na Eurocopa na próxima segunda-feira, em Lyon, diante da Bélgica. A equipe está no Grupo E e terá Irlanda e Suécia como outros adversários na fase de grupos.