26°
Máx
19°
Min

Final de 2014, Atletiba e rebaixamento, a rodada do Paranaense será agitada

(Foto: Wellington Ferrugem/Londrina Oficial) - Final de 2014, Atletiba e rebaixamento, a rodada do Paranaense será agitada
(Foto: Wellington Ferrugem/Londrina Oficial)

A primeira fase do Campeonato Paranaense está chegando ao fim, neste fim de semana a décima rodada será disputada com confrontos históricos e decisivos, além de que o primeiro time rebaixado já possa ser conhecido no domingo (20).

O líder JMalucelli abre a rodada neste sábado no Ecoestádio Janguito Malucelli, recebe o irregular Toledo. Com oito jogos de invencibilidade, o time comandado por Ary Marques tem 100% de aproveitamento em casa e enfrenta um adversário que ainda não sabe o que é vencer como visitante, o Porco acumula quatro derrotas e um empate. Com dez pontos, o Toledo precisa da vitória para se afastar do rebaixamento e como consequência garantir uma vaga no G-8.

No domingo, a final do Estadual em 2014 será reeditada, mas com os dois times em situações bem diferente. A partida entre Maringá e Londrina será disputada no Estádio Willie Davids, e o time da casa precisa da vitória para sair da zona de rebaixamento faltando uma rodada. Do outro lado, o Londrina tem a melhor defesa do Paranaense, apenas cinco gols sofridos, e está animado após ter o recurso deferido e estar perto de reconquistar os seis pontos perdidos no STJD.

Clássico no sintético

Na Arena da Baixada será o primeiro Atletiba no gramado artificial do Furacão. A polêmica desse confronto foi pelos ingressos para torcida do Coritiba, que segundo dirigentes Alviverdes o Atlético não destinou os 10% como prevê o Estatuto do Torcedor. Dentro de campo, o Rubro-negro já está classificado e aos poucos o time vai mostrando a identidade do técnico Paulo Autuori. Já o Coxa ainda tem a desconfiança da torcida, Gilson Kleina não é unanimidade e uma derrota pode deixar o treinador ameaçado no cargo. Kleina contará com o retorno de Kleber, artilheiro do Estadual com oito gols.

O fantasma do rebaixamento

O primeiro time rebaixado pode ser o atual campeão. O Operário está na lanterna com apenas cinco pontos e viaja até Toledo para enfrentar o FC Cascavel, e só a vitória interessa, em caso de derrota o time está matematicamente rebaixado, já o empate deixa o Fantasma respirando por aparelhos para rodada final. A diretoria anunciou o novo treinador, o terceiro, Joel Preisner chega apenas para dois jogos e tentará o que beira o impossível na Vila Oficinas. Pelo lado do FCC, se não vencer pode fechar o domingo na zona de rebaixamento.

Na fronteira, o Foz do Iguaçu recebe o Paraná precisando da vitória para eliminar o risco de rebaixamento, enquanto o Tricolor ainda sonha com a primeira posição. Já em Paranaguá mais um confronto contra a degola, Rio Branco e PSTC querem afastar a chance de descenso e ainda lutam por uma vaga entre os oito.

Segundona

Polêmica no Campeonato Paranaense da Segunda Divisão. O Cambé não pagou as taxas de arbitragem e a partida contra o Cianorte foi suspensa pela Federação, o clube está sem técnico além de não poder mandar os jogos em Cambé. Na Segundona, nove times disputam oito vagas na segunda fase, enquanto o último será rebaixado para Terceira Divisão.

Colaboração Redação em Campo.