24°
Máx
17°
Min

Flamengo marca de pênalti no último minuto e empata em 2 a 2 com a Chapecoense

- Flamengo marca de pênalti no último minuto e empata em 2 a 2 com a Chapecoense

No apagar das luzes, o Flamengo conseguiu empatar com a Chapecoense por 2 a 2, nesta quarta-feira, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Os gols da partida foram marcados por Felipe Vizeu e Alan Patrick para os cariocas e Bruno Rangel e Hyoran para os visitantes. O jogo teve dois pênaltis polêmicos assinalados pelo árbitro gaúcho Diego Real. Com o empate, a equipe catarinense se manteve entre os primeiros, com 5 pontos, e o Flamengo somou 4, na parte intermediária da tabela de classificação.

Sabendo do perigo que os campeões catarinenses poderiam oferecer, o Flamengo resolveu comandar as ações no estádio Raulino de Oliveira desde o início. Aos 7 minutos, o garoto Felipe Vizeu aproveitou passe açucarado de Everton para abrir o placar para o time rubro-negro.

A equipe da casa levou perigo mais uma vez, com Alan Patrick. Mas, em uma das raras subidas da Chapecoense, Lucas Gomes caiu na área com a chegada do zagueiro Juan e o árbitro apitou a marca da cal. Pênalti bastante contestado, que Bruno Rangel cobrou e marcou com categoria. A Chapecoense passou a gostar do jogo, mas não conseguia manter a bola - a posse foi de mais de 70 % para os cariocas.

Na volta do intervalo, o ritmo das duas equipes diminuiu bastante. Aos 22 minutos, Everton foi expulso e aí o jogo se tornou dramático para os cariocas. Depois de levar perigo ao gol de Paulo Victor por duas vezes, a Chapecoense fez o segundo. Hyoran, que saiu do banco de reservas, mandou nas redes uma cobrança de falta, aos 34 minutos.

O Flamengo empataria também em cobrança de pênalti com Alan Patrick, aos 50 minutos de jogo, em mais uma decisão questionável do árbitro.

Pela quarta rodada, a Chapecoense faz neste sábado, às 21 horas, o jogo das zebras contra o Santa Cruz, na Arena Condá, em Chapecó (SC). Já o Flamengo volta a campo no domingo, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, contra a Ponte Preta, a partir das 11 horas.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 x 2 CHAPECOENSE

FLAMENGO - Paulo Victor; Rodinei, Léo Duarte, Juan (Rafael Dumas) e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Alan Patrick; Marcelo Cirino (Emerson), Felipe Vizeu (Ederson) e Everton. Técnico: Jayme de Almeida (auxiliar).

CHAPECOENSE - Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego e Dener Assunção; Gil, Josimar e Cleber Santana; Lucas Gomes (Hyoran), Bruno Rangel (Kempes) e Silvinho. Técnico: Guto Ferreira.

GOLS - Felipe Vizeu, aos 7, e Bruno Rangel (pênalti), aos 12 minutos do primeiro tempo; Hyoran, aos 34, e Alan Patrick (pênalti), aos 50 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Léo Duarte, Juan, Jorge e Ederson (Flamengo); Gil e Marcelo (Chapecoense).

CARTÃO VERMELHO - Everton (Flamengo).

ÁRBITRO - Diego Real (RS).

RENDA - R$ 34.270,00.

PÚBLICO - 4.957 pagantes.

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).