20°
Máx
14°
Min

Fluminense vence Boavista com facilidade e entra no G4 do Campeonato Carioca

(Foto: Divulgação)  - Fluminense vence Boavista com facilidade e entra no G4 do Campeonato Carioca
(Foto: Divulgação)

Em um jogo no qual marcou dois gols já nos primeiros 12 minutos, o Fluminense fez o dever de casa e venceu o Boavista por 3 a 0, neste domingo, no estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ), pela terceira rodada da Taça Guanabara. Desde a saída do técnico Eduardo Baptista, o time tricolor não perde. São sete jogos de invencibilidade, com a entrada no grupo de classificação para a próxima fase do Campeonato Carioca.

Com uma vitória e dois empates, o time de Levir Culpi tem cinco pontos e está na terceira posição. Na quarta-feira, o time volta a campo para enfrentar o Bangu, no estádio Edson Passos. No mesmo dia, o Boavista, sexto colocado, com três pontos, recebe o Madureira.

O Fluminense não demorou muito para resolver a partida. Já no minuto inicial, Fred cruzou para Osvaldo cabecear para fora. Aos 6, o atacante teve nova chance. Após excelente passe de Gerson, ele entrou na área, chutou cruzado e contou com a falha de Vinicius para fazer 1 a 0. Osvaldo quase marcou o segundo, em finalização que passou próxima ao gol.

Além de ter a ajuda do goleiro adversário, o tricolor ainda teve outra contribuição do oponente. Aos 12 minutos, Wellington Silva cruzou na área e viu Luiz Alberto, vice-campeão da Libertadores de 2008 com o Fluminense, errar o chute e marcar contra o seu time: 2 a 0.

Com dois atacantes abertos e boa movimentação de Gerson no meio de campo, o time de Levir Culpi tinha o jogo na mão. O Boavista só arriscou em chute de longa distância de Leandrão, mas sem perigo.

Somente no segundo tempo é que o time do interior carioca criou boas chances. Na primeira, Diego Cavalieri apareceu em boa chute de Douglas Pedroso. Na sequência, quem salvou foi a trave, em cabeceio de Júlio César. O susto acordou o Fluminense, que ainda teve força para ampliar. Aos 39, Marcos Junior passou para Gustavo Scarpa cruzar para Cícero fazer 3 a 0 e definir a partida.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 3 x 0 BOAVISTA

FLUMINENSE - Diego Cavalieri, Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Pierre, Cícero e Gérson (Douglas); Gustavo Scarpa, Osvaldo (Marcos Junior) e Fred (Magno Alves). Técnico: Levir Culpi.

BOAVISTA - Vinicius; Thiaguinho, Victor, Luiz Alberto e Romarinho; Douglas Pedroso, Júlio César, Guilherme Costa (Luquinhas) e Reinaldo (Willian Maranhão); Matheus Paraná (Thiago Silva) e Leandrão. Técnico: Rodrigo Beckham.

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araújo.

GOLS - Osvaldo, aos 6, e Luiz Alberto (contra), aos 12 do primeiro tempo; Cícero, aos 39 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Gum e Marcos Junior (Fluminense); Leandrão e Matheus Paraná (Boavista).

PÚBLICO - 1.601 pagantes (1.926 presentes).

RENDA - R$ 29.085,00.

LOCAL - Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ).