27°
Máx
13°
Min

Folga deste domingo por ser última da seleção até o fim da Olimpíada

(Foto: Divulgação/CBF) - Folga deste domingo por ser última da seleção até o fim da Olimpíada
(Foto: Divulgação/CBF)

A folga que os jogadores terão desde domingo poderá ser a única do grupo até o final da participação da seleção olímpica nos Jogos do Rio. O calendário apertado dificulta os períodos livres. Isso levou a comissão técnica a aproveitar a rara oportunidade de liberar os atletas, que estão concentrados na Granja Comary desde segunda-feira.

Os jogadores serão dispensados depois do treino marcado para o período da manhã. Quem quiser permanecer na Granja vai poder receber parentes e amigos. Mas muitos devem passar a folga no Rio. A reapresentação deverá ocorrer até o meio-dia da próxima segunda-feira.

Na próxima quarta, a seleção embarca para Goiânia, onde no sábado (30 de julho) faz amistoso com o Japão, no estádio Serra Dourada. No domingo (31) viaja para Brasília, onde fará os dois primeiros jogos pela Olimpíada.

A estreia será dia 4 de agosto, uma quinta-feira, contra a África do Sul. Uma possibilidade seria dar um outra folga logo na chegada à capital federal - ou seja, no domingo, dia 31 -, mas isso ainda vai ser estudado. Dependerá da semana de treinos e do rendimento da equipe no amistoso com os japoneses.

Depois da estreia, a seleção jogará no dia 7 contra o Iraque, também no Mané Garrincha. No dia 8 viaja para Salvador, onde dois dias depois enfrenta a Dinamarca.

Se o Brasil passar em primeiro lugar no Grupo A, fará a partida das quartas de final em São Paulo, no Itaquerão, dia 13 de julho. Seguindo em frente, volta para Teresópolis, onde treinará por dois dias, até 16, véspera da semifinal, marcada para o Maracanã. A seleção permanecerá no Rio caso jogue a decisão do ouro, no dia 20. A disputa do terceiro lugar está programada para Belo Horizonte.