27°
Máx
13°
Min

Foz empata com Paranavaí na estréia da Taça FPF

Foto: Bruno Zanette - Foz empata com Paranavaí na estréia da Taça FPF
Foto: Bruno Zanette

Começou com empate a campanha do Foz Futebol na Taça FPF. Na manhã de ontem (17), Azulão da Fronteira recebeu o Paranavaí no Estádio do ABC na estreia das duas equipes na Taça, e o jogo terminou no 1X1.

Os gols saíram somente no segundo tempo. Depois de amplo domínio do time iguaçuense, o zagueiro Alemão abriu o placar aos 31 minutos em lance que teve muita reclamação dos atletas do Foz, alegando impedimento não marcado.

O empate veio somente nos acréscimos, aos 46′, com Alessandro, que havia entrado na etapa final. Na próxima rodada, o Foz visita o Operário Ferroviário em Ponta Grossa, enquanto que o Paranavaí ganha folga. Sete equipes disputam a Taça FPF.

Além de Foz e Paranavaí, estão na disputa o Operário, Andraus, Apucarana Sports, Grêmio Maringá e Portuguesa Londrinense. Na primeira fase as equipes se enfrentam em turno único, todos já classificados para as quartas de final. Somente o primeiro colocado avança direto paras as semifinais. O campeão garante vaga na Série D do Brasileiro de 2017.

Domínio do Foz não aproveitado

O Foz FC dominou amplamente a partida durante boa parte do primeiro tempo e até metade da etapa final. O volante Tubarão teve boa participação, dando passes e finalizando. A primeira boa chegada do Azulão foi aos 9′, com Batista batendo cruzado pelo lado direito e obrigando o goleiro Cesar a fazer boa defesa.

O Paranavaí atacava pela esquerda, especialmente em jogadas pela linha de fundo. A bola parada era outra tentativa do Paranavaí que levava perigo à zaga iguaçuense. Em muitas vezes o Foz contava com boas trocas de passes, mas pecava na finalização. Em um desses lances, Tubarão poderia bater pro gol, após invadir a área, mas preferiu o passe, que saiu errado.

Paranavaí marca em lance polêmico

E como diria Muricy Ramalho, “a bola pune”. E ela puniu o Foz aos 31 minutos da etapa final, quando a bola foi lançada para área. A defesa parou, esperando a marcação de impedimento que não veio, e o zagueiro Alemão ficou livre para tocar na saída de Edson e fazer 1 a 0 para o Paranavaí. Muita reclamação dos jogadores do Foz.

E o time visitante melhorou após o gol, já que os donos da casa saíram em busca do empate e ofereceram vários contra-ataques. Nessa hora Edson mostrou sangue frio, fazendo defesas milagrosas que evitaram um placar maior ao adversário.

Arriscando tudo nos minutos finais, Alessandro pegou uma sobra dentro da pequena área e deixou tudo igual. Empate que se não foi o esperado pela comissão técnica, pelo menos ameniza a quase derrota na estreia.

“O time se postou bem, mas não soube fazer o gol. Tomamos um de bobeira da nossa defesa, mas dos males o menor. O empate, nas circunstâncias em que estava o jogo ficou de bom tamanho e teremos que consertar para a próxima rodada”, avaliou o técnico do Foz, Ivan Carlos Alves.

Colaboração: Bruno Zanette