22°
Máx
16°
Min

Foz perde para o Operário e fica fora da final da Taça FPF

- Foz perde para o Operário e fica fora da final

O Operário está na final da Taça FPF, depois do empate por 0 a 0 na fronteira, a classificação foi confirmada após a vitória sobre o Foz Futebol por 2 a 0 nesse domingo (25), no Estádio Germano Krüger. Na final, valendo vaga para a Série D 2017, o alvinegro de Vila Oficinas enfrenta o Andraus, que bateu o Apucarana por 2 a 0.

No primeiro tempo, o Operário criou algumas oportunidades de gol, mas acabava pecando na finalização. O goleiro Edson do Foz foi um dos destaques da primeira etapa, aplicando várias defesas. O jogo estava truncado, como se esperava.

Os 45 minutos finais foram totalmente diferentes. O Operário seguiu impondo seu ritmo de jogo e logo abriu o marcador com Vandinho, em jogada individual aos seis minutos. A bola ainda desviou em João Paraíba do Foz antes de morrer no fundo da rede. O time da fronteira, que até então não oferecia perigo ao Fantasma, passou a ser mais ofensivo e levar um certo perigo ao gol de Simão.

Nos minutos finais, a pressão do Foz aumentava, até que a estrela de Vandinho brilhou mais uma vez. O atacante, substituto de Chico (expulso na ida), aproveitou a falha do goleiro Edson e deu números finais ao jogo aos 44 minutos da etapa complementar.

Ficha técnica da partida:

  • Operário: Simão, Luiz Grando (Fernando), Leandro, Alisson, Acácio, Paulinho (Murilo), Thalles, Dione, Marcinho (Cristian), Jean Carlo e Vandinho.
  • Técnico: Joel Preisner, substituindo Gerson Gusmão, suspenso.
  • Foz Futebol: Edson, Tubarão, Murilo Batalha, Barreto, João Paraíba, Eder Wilson, Juninho, Matheus Olavo, Leozinho, Gianluca e João Guilherme.
  • Arbitragem:
  • Árbitro: José Mendonça da Silva Jr
  • Assistente 1: Diego Grubba Schitkovski
  • Assistente 2: Daniel Cotrim de Carvalho
  • Quarto árbitro: Luis Marcelo Casagrande e Ivan Carlos Alves

Colaboração: Assessoria.