23°
Máx
12°
Min

Francês Sakho é afastado pelo Liverpool após notificação de doping pela Uefa

O zagueiro Mamadou Sakho, do Liverpool, está sendo investigado pela Uefa após testar positivo em um exame antidoping realizado depois de partida válida pela Liga Europa, disputada no mês passado, contra o Manchester United.

Embora Sakho ainda não esteja suspenso pela Uefa, o seu clube anunciou neste sábado que ele não vai entrar em campo enquanto a investigação estiver em andamento. Sakho marcou um dos gols na vitória por 4 a 3 do Liverpool sobre o Borussia Dortmund, na última semana, pelas quartas de final da Liga Europa, resultado que classificou o time para as semifinais, diante do Villarreal.

A substância encontrada no exame não foi revelada, mas a imprensa europeia afirma que se trata de um produto para queimar gordura, detectado no exame feito em 17 de março, após o jogo pelas oitavas de final do torneio continental. Sakho ainda pode pedir para a contraprova ser analisada e tem até terça-feira para responder à Uefa.

O Liverpool só foi informado pela entidade na última sexta-feira sobra a investigação. Depois disso, discussões entre a direção do Liverpool, o técnico Jürgen Klopp e o próprio Sakho definiram que o jogador não vai entrar em campo enquanto o caso não estiver encerrado.

"A comunicação formal foi recebida da Uefa afirmando que eles estão investigando uma possível violação antidoping por Mamadou Sakho", afirmou o Liverpool em um comunicado. "O jogador vai responder sobre isso à Uefa. O jogador não tem atualmente qualquer suspensão dos jogos. No entanto, o clube, em consulta ao jogador, decidiu que, enquanto este processo estiver seguindo, o jogador não estará disponível para ser selecionado para os jogos".

Sakho foi substituído na equipe para o jogo deste sábado pelo Campeonato Inglês contra o Newcastle por Kolo Touré, que foi suspenso por seis meses pela Associação de Futebol da Inglaterra em 2011, quando jogava pelo Manchester City, por um caso de doping envolvendo o uso de substância para controle de peso.

Se Sakho receber a mesma punição de Touré, ele estará fora da Eurocopa, marcada para 10 de junho a 11 de julho na França. A sanção seria imposta pela Uefa porque o teste foi realizado em um torneio organizado por ela.

Isso seria mais um golpe potencial para a França, treinada por Didier Deschamps, que já estará sem o atacante Karim Benzema, afastado pelo envolvimento em um caso de chantagem envolvendo um vídeo de uma relação sexual de Mathieu Valbuena, seu companheiro na seleção.

Embora Sakho não seja titular absoluto da França, ele certamente seria convocado para a Eurocopa e disputaria uma vaga de titular com Rafael Varane ou Laurent Koscielny. Com 28 jogos pela seleção, ele teve o seu ponto alto na equipe ao marcar dois gols na vitória por 3 a 0 sobre a Ucrânia, em novembro de 2013, que garantiu a classificação dos franceses para a Copa do Mundo de 2014.