22°
Máx
16°
Min

Gabriel Jesus admite baque por não ter sido convocado: 'Era um sonho de criança'

(Foto: Divulgação)  - Gabriel Jesus admite baque por não ter sido convocado: 'Era um sonho de criança'
(Foto: Divulgação)

O atacante Gabriel Jesus deixou o Pacaembu com sentimentos distintos. Feliz pela vitória por 4 a 3 sobre o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, mas ainda chateado por não ter sido convocado pelo técnico Dunga para a disputa da Copa América Centenário. O garoto admite que entrou em campo abalado, principalmente pelo fato de não ter sido chamado apenas por não ter o visto americano.

"Foi uma semana bem conturbada, mas tenho uma família que me apoia. Não vou mentir para vocês, fiquei bem chateado, foi um baque. A gente trabalha firme e por causa de um visto eu não realizei um sonho de criança, que é vestir a camisa da seleção principal. Fiquei bem chateado, mas minha família, empresários, amigos e o Cuca me ajudaram bastante", disse o garoto.

Algo que fez Gabriel Jesus se reerguer e voltar a focar apenas no Palmeiras foi uma conversa com o técnico Cuca. "Fiquei bastante chateado pela oportunidade que eu tive e por causa de um papel, um carimbo, eu não pude realizar um sonho. Fiquei abatido, mas tive conversas com o Cuca e ele me mostrou que outras oportunidades virão", minimizou.

O treinador fez questão de ressaltar a qualidade do atacante ao final da partida. "O Gabriel Jesus, pelo que jogou hoje, se alguém tinha alguma dúvida sobre ele poder representar a seleção, hoje ficou claro que ele é um baita jogador", comentou.

A polêmica teve início quando Dunga, em entrevista coletiva, disse que iria convocar um jogador, mas não o fez porque ele não tinha o visto americano, algo que deveria ter sido providenciado pelo clube, no caso, o Palmeiras. O visto de Gabriel Jesus saiu na terça-feira, mas o comandante da seleção brasileira preferiu descartar a convocação do garoto, que, com 19 anos, tem grandes chances de aparecer na lista dos Jogos Olímpicos.