23°
Máx
12°
Min

Ganso assina e, de olho na concorrência, diz que pode jogar recuado no Sevilla

O meia Paulo Henrique Ganso realizou exames médicos e assinou contrato por cinco temporadas com o Sevilla nesta quinta-feira. Na sequência, o ex-jogador do São Paulo foi apresentado oficialmente no estádio Ramón Sánchez Pizjuán e concedeu sua primeira entrevista coletiva na nova equipe.

Antes do acerto, Ganso disse ter conversado com o técnico Jorge Sampaoli e se colocou à disposição para atuar onde o treinador achar melhor. "Me adaptarei às necessidades dele. Posso jogar mais recuado também. Ele decidirá", ressaltou.

O comentário pode ter relação com outra contratação do Sevilla para a nova temporada. O clube espanhol anunciou outros cinco reforços além do brasileiro, com destaque para o argentino Franco Vázquez, que estava no Palermo e também atua na armação das jogadas.

Ganso disse que também procurou o amigo Neymar, ex-companheiro de Santos, e o atacante Luis Fabiano, que teve boa passagem pelo Sevilla e atualmente está no futebol chinês. "Neymar me falou muito bem da Liga espanhola, e Luis me falou muito bem do Sevilla", comentou.

O diretor esportivo do Sevilla, Ramón Rodríguez, rasgou elogios à nova contratação da equipe. "Falar de Ganso é falar sobre alguém muito conhecido no futebol, não precisa de apresentações. É um jogador que atuou em alto nível no Santos e no São Paulo. Tem bom passe, é habilidoso, carrega bem a bola e vai se adaptar muito bem a um plantel de muita qualidade", finalizou.

Ganso deixou o São Paulo por 9,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 35 milhões). Após a apresentação, o atleta deve ser integrado ao grupo que realiza pré-temporada nos Estados Unidos. Na sequência, viajará para a Alemanha para uma série de amistosos.