21°
Máx
17°
Min

Gilmar diz que terá nova reunião com o Barça para decidir liberação de Neymar

(Foto: Rafael Ribeiro / CBF) - Gilmar diz que terá nova reunião com o Barça para decidir liberação de Neymar
(Foto: Rafael Ribeiro / CBF)

A definição sobre o aproveitamento ou não de Neymar na seleção brasileira que vai disputar a Olimpíada ainda pode demorar. O coordenador de seleções Gilmar Rinaldi revelou na manhã desta segunda-feira em São Paulo que haverá uma outra conversa com o Barcelona para, então, definir se ele poderá ou não participar dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

"Nós tivemos uma conversa com a comissão técnica do Barcelona (na semana passada) e decidimos que a gente vai pensar muito, porque a gente quer acima de tudo preservar o jogador, usar essa importância dele, mas da melhor forma possível", disse Gilmar, após participar de um encontro da Abex Futebol na sede da Federação Paulista. "Isso a gente vai fazer num segundo contato, numa segunda reunião. Vamos fazer uma lição de casa para ver o que é melhor."

Essa segunda reunião ainda não está marcada, mas Gilmar disse que não há muito para pressa, pois a inscrição dos jogadores para a Olimpíada poderá ser feita até na antevéspera da estreia.

O coordenador também garantiu que permanece a intenção de contar com Neymar tanto na Copa América, em junho nos Estados Unidos, como na Olimpíada, em agosto. Mas afirmou que nada está decidido. O técnico Dunga já sinalizou que, se tiver de escolher, preferirá contar com o craque no desafio olímpico. "Vamos buscar a melhor forma de fazer um trabalho conjunto", disse Gilmar.

O mesmo raciocínio vale para os outros jogadores com idades acima de 23 anos que estão na mira da seleção para a Olimpíada. São os casos, por exemplo, de Miranda (Inter de Milão) e de Willian (Chelsea). "Tivemos uma receptividade muito boa (com a comissão técnica dos clubes), foi um contato muito bom. Vamos decidir da melhor forma possível. Cada um vai fazer a sua parte", assegurou Gilmar.