23°
Máx
12°
Min

Grêmio empata e mantém vantagem no Gaúcho, mas Inter avança na Sul-Minas-Rio

Grêmio e Inter fizeram um típico Gre-Nal neste domingo na arena do time tricolor. Com casa cheia (mais de 48 mil torcedores), as equipes brigaram do começo ao fim da partida em um jogo tenso, ambos tiveram chances de gol, mas o duelo terminou em 0 a 0.

Pelo Campeonato Gaúcho, o resultado foi melhor para o Grêmio, que se manteve em terceiro lugar com 16 pontos, enquanto o arquirrival é o quinto, com 15. Se continuar assim, terá vantagem de jogar por dois resultados iguais caso enfrente a equipe colorada na fase mata-mata.

Pela Copa Sul-Minas-Rio, entretanto, o empate sem gols beneficiou o Inter, que encerrou a primeira fase da recém-criada competição do calendário nacional na liderança do Grupo 2, com os mesmos cinco pontos do Grêmio, o segundo colocado, mas com melhor saldo de gols (3 a 1). Com isso, o time colorado garantiu vaga na próxima fase e deixou o arquirrival dependendo de outros resultados para avançar.

Com a torcida a seu favor, o Grêmio conseguiu ser superior no primeiro tempo. Mas, em um clássico muito brigado e de muita marcação, foram raras as chances de gol. Aos 38 minutos, um lance polêmico. Miller Bolaños recebeu lançamento de Ernando, se antecipou e cortou de cabeça. Em seguida William se chocou com o equatoriano e o derrubou. O árbitro Anderson Daronco mandou o jogo seguir.

O time tricolor voltou do intervalo sem Miller Bolaños, que havia sido encaminhado ao hospital, que depois confirmaria que o atleta fraturou o maxilar, em lance do primeiro minuto de jogo, quando recebeu uma cotovelada de William.

O Inter melhorou na etapa final e equilibrou a partida. Mas o Grêmio tinha as principais chances de gol. Aos 15 minutos, Luan deu boa assistência para Giuliano, que tirou de Alisson, mas Ernando salvou em cima da linha. Na sequência, Giuliano retribuiu Luan, que tocou por cima de Alisson e a bola bateu no travessão.

O Inter respondeu aos 25 minutos. Eduardo Sasha driblou Fred e tocou Vitinho, que bateu colocado no canto. Com Marcelo Grohe batido, Geromel salvou. Dois minutos depois, Aylon passou para Sasha, que finalizou e Grohe defendeu.

Nos instantes finais, o clima esquentou. William e Marcelo Oliveira se desentenderam em uma dividida e causaram um empurra-empurra generalizado. Fabinho teve de ser contido por Daronco. Nos acréscimos, Henrique Almeida e Paulão se enroscaram na entrada da área. O gremista cometeu falta de ataque no zagueiro, em carrinho duro. O colorado caiu e deu um pontapé no rival. O árbitro expulsou apenas o zagueiro do Inter.

Após o Gre-Nal, o Grêmio voltará a campo nesta quarta-feira, contra o San Lorenzo, em casa, pela Libertadores, e certamente não poderá contar com Bolaños. Já o Inter atuará novamente apenas no próximo domingo, contra o São Paulo-RS, no Beira-Rio, pelo Campeonato Gaúcho.