22°
Máx
16°
Min

Grêmio vence a Ponte Preta com golaço de Luan nos acréscimos

(Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA) - Grêmio vence a Ponte Preta com golaço de Luan nos acréscimos
(Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA)

O Grêmio, desta vez, não mostrou bom futebol, mas contou com a sorte ao seu lado. O time gaúcho sofreu muito para vencer a Ponte Preta, por 1 a 0, neste domingo à tarde, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O gol da vitória, na verdade um golaço, foi marcado por Luan aos 49 minutos do segundo tempo. O confronto foi válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro e pelo lado paulista, que se defendeu com valentia, acabou sendo um grande castigo.

Com este resultado, o time gaúcho divide a liderança com 13 pontos com o Corinthians. Só perde para o time paulista no número de cartões. Mas está à frente do rival Internacional, também com 13 pontos, no saldo de gols: 6 a 3. A Ponte Preta estacionou nos sete pontos, ocupando posição intermediária. Contudo, mais próxima da zona de rebaixamento.

Além de seguir na parte de baixo da tabela, a Ponte viu ainda um longo tabu ser mantido. O time não vence o Grêmio no Sul há 30 anos. A última vez foi no Brasileirão de 1986, quando bateu os gaúchos, por 2 a 0, no Estádio Olímpico. Desde então, foram nove jogos, com três empates e seis derrotas.

O JOGO - O Grêmio tentou intimidar a Ponte desde o início. Apesar da pressão, a Ponte não se encolheu. Dentro de suas limitações, tentou trocar passes para chegar ao ataque. O problema é que a forte marcação gremista dificultou as coisas.

Aos 18 minutos o volante Ramiro pegou sobra, após escanteio, e alçou na área pela direita. Na segunda trave, Everton apareceu livre e mandou no travessão, quase abrindo o placar. Mesmo acuados, os visitantes se comportaram bem defensivamente. As duas linhas de quatro foram bem montadas e barraram quase todas jogadas do adversário.

Com pouco espaço para criarem, os jogadores dos dois times começaram a ficar irritados com a marcação forte. Isso resultou em discussões e entradas violentas. Em um deles, o atacante Clayson foi expulso por cotovelada no lateral Edílson. O lance gerou revolta dos pontepretanos, já que minutos antes Luan fez o mesmo em Jeferson. Em desvantagem numérica, a Ponte se fechou mais ainda.

A segunda etapa foi um confronto de ataque contra defesa. A Ponte limitou-se a fechar a entrada da área e segurar o adversário. O problema para o time mandante é que a compactação paulista esteve ótima. Os comandados de Eduardo Batista fecharam bem a área e obrigaram o adversário a ficar trocando passes sem efeito ou então tentar o "chuveirinho" sem efeito.

Conforme o tempo passou, a ansiedade virou mais um inimigo gremista. Sem conseguir entrar na área, o time da casa passou a arriscar em chutes de longa distância, como aos 19 e aos 20 com Luan e aos 22 com o meia Lincoln. Todas acabaram na linha de fundo.

À medida que os minutos se passaram, o empate ficou cada vez mais real para os campineiros. Principalmente, com a expulsão do meia Lincoln, aos 24 minutos. No final, aos 49, contudo, os gaúchos foram premiados. Luan acertou um belo chute de fora da área e a bola entrou no ângulo direito de João Carlos.

No próximo sábado, às 18h30, o Grêmio volta a campo para enfrentar o Fluminense, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Enquanto isso, a Ponte Preta recebe a Chapecoense, no mesmo dia, às 16 horas, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 0 PONTE PRETA

GRÊMIO Bruno Grassi; Edílson, Pedro Geromel, Wallace e Marcelo Hermes; Ramiro (Lincoln), Maicon, Giuliano e Douglas (Bobô); Everton (Batista) e Luan. Técnico: Roger Machado.

PONTE PRETA - João Carlos; Jeferson, Kadu, Fábio Ferreira e Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior (Matheus Jesus) e Cristian (Nino Paraíba); Clayson, Wellington Paulista e Rhayner (Gilson). Técnico: Eduardo Baptista.

GOL Luan aos 49 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Péricles Bassols Pegado Cortez (PE).

CARTÕES AMARELOS - Luan e Edilson (Grêio); João Carlos, Jeferson, Reinaldo e Wellington Paulista (Ponte Preta).

CARTÕES VERMELHOS - Lincoln (Grêmio). Clayson (Ponte Preta).

RENDA - R$ 463.131,00.

PÚBLICO - 15.125 pagantes (16.957 total).

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).