21°
Máx
17°
Min

Grêmio vence a primeira no Brasileirão e amplia a crise do Flamengo

(Foto: Divulgação/Lucas Uebel/ Gremio FBPA)  - Grêmio vence a primeira no Brasileirão e amplia a crise do Flamengo
(Foto: Divulgação/Lucas Uebel/ Gremio FBPA)

O Grêmio não teve dificuldades para conquistar a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Numa partida em que criou mais de nove chances claras de gol, o time bateu o Flamengo por 1 a 0, neste domingo, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela segunda rodada do torneio nacional. O resultado coloca fim a uma sequência de três jogos do time gaúcho sem marcar gols e amplia a crise da equipe carioca, que foi eliminada da Copa do Brasil pelo Fortaleza durante a semana.

Com a vitória, o Grêmio tem quatro pontos e enfrenta o Atlético Mineiro, na quinta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Com um ponto a menos, o Flamengo pega a Chapecoense, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Apesar do placar magro, o jogo foi agitado, com diversas chances de gols, quase todas do Grêmio. Aos 8, o estreante Edilson encontrou Bolaños, livre na área, que perdeu o gol. O time da casa ainda voltou a assustar com Giuliano, em chute de direita, após novo passe do novo lateral-direito do clube.

A melhor chance do Flamengo foi com Guerrero. Rodinei levantou na medida, mas o centroavante perdeu o tempo da bola e o gol. Foi o único bom momento dos cariocas no primeiro tempo. Nos minutos finais da etapa inicial, Bobô e Edilson voltaram a assustar Paulo Victor.

No segundo tempo, o Grêmio criou quatro chances até conseguir marcar. Em duas, Luan e Everton entraram na área e pararam em Paulo Victor. Depois foi a vez de Giuliano cabecear e acertar a trave. Por fim, o gol. Aos 9, Luan cobrou escanteio e Fred, finalmente, marcou de cabeça: 1 a 0.

O gol fez o time mandante relaxar e deu espaço para o Flamengo. O problema é que o time adversário não aproveitou a oportunidade. Sem criatividade, exagerou no jogo aéreo e não conseguiu ameaçar Marcelo Grohe.

Nos minutos finais, o jogo voltou a ganhar emoção. Aos 43, Douglas deu belo passe para Pedro Rocha acertar a trave. No rebote, Walace perdeu a chance de ampliar. Os gaúchos quase foram punidos por Alan Patrick, que acertou a trave. Nos acréscimos, Guerrero chegou a marcar, mas estava impedido e não conseguiu evitar a derrota do Flamengo.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 x 0 FLAMENGO

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Edilson, Pedro Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Luan, Giuliano (Pedro Rocha) e Bolaños (Douglas); Bobô (Éverton). Técnico: Roger Machado.

FLAMENGO - Paulo Victor; Rodinei, Léo Duarte, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Cuéllar (Willian Arão), Éverton (Ederson) e Alan Patrick; Gabriel (Marcelo Cirino) e Guerrero. Técnico: Jayme de Almeida.

ÁRBITRO - Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP).

GOL - Fred, aos 9 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Maicon, Fred e Luan (Grêmio); Everton e Guerrero (Flamengo).

PÚBLICO - 15.976 pagantes (17.866 no total).

RENDA - R$ 522.592,00.

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).