23°
Máx
12°
Min

Hamburgo vence, reduz risco de queda e afunda Werder Bremen no Alemão

Em duelo direto na briga para escapar do rebaixamento, o Hamburgo fez valer o mando de campo nesta sexta-feira e afundou o Werder Bremen na tabela do Campeonato Alemão. O time da casa venceu por 2 a 1, contando com atuação decisiva do goleiro Jaroslav Drobny, que defendeu pênalti dos visitantes, assegurando o triunfo.

O triunfo praticamente acabou com as chances de rebaixamento do Hamburgo, que já havia corrido risco de queda na temporada passada - só escapou no playoff contra um rival da segunda divisão. O time chegou aos 37 pontos, abrindo seis de vantagem sobre o Werder, que ocupa o 16º posto. Se terminar nesta posição, o Werder precisará disputar o playoff, que consiste num confronto de mata-mata contra o terceiro colocado da segunda divisão.

Matematicamente, o Hamburgo ainda pode ser rebaixado. Mas as chances são remotas porque faltam agora três rodadas para o fim do campeonato. Para cair, o Hamburgo teria que perder suas três partidas restantes e o Werder precisaria vencer todos os seus últimos jogos.

Neste clássico do norte da Alemanha, o Hamburgo parecia ter todas as condições de somar os três pontos sem maiores sofrimentos. Isso porque Pierre-Michel Lasogga marcou dois gols antes do intervalo, aos 4 e aos 32 minutos do jogo, que abre a 31ª rodada do Alemão. Nos dois lances, o oportunista Lasogga completou cruzamento na área.

O segundo tempo, contudo, foi de surpresas para o time da casa. A começar pelo pênalti marcado aos 11 minutos. Menos mal que Claudio Pizarro, referência no ataque do Werder, bateu mal e o goleiro Jaroslav Drobny fez a defesa.

Não foi o suficiente para tranquilizar a torcida. Aos 20, Anthony Ujah mandou para as redes e diminuiu o placar. Daí em diante os visitantes partiram para o ataque, quase em desespero, e impuseram forte pressão. Nos acréscimos, Pizarro teve outra grande chance, mas sozinho na pequena área, cabeceou para fora, rente à trave esquerda de Drobny.