22°
Máx
17°
Min

Inter passa fácil pelo São Paulo e avança às semifinais do Gaúcho

(Foto: Divulgação)  - Inter passa fácil pelo São Paulo e avança às semifinais do Gaúcho
(Foto: Divulgação)

O Internacional não tomou conhecimento do São Paulo neste domingo, venceu por 3 a 0 no Beira-Rio e garantiu vaga nas semifinais do Campeonato Gaúcho. Na próxima fase, o time colorado receberá no próximo domingo o São José, que venceu o Novo Hamburgo por 1 a 0.

Na outra chave está o Grêmio, que aguarda pelo vencedor do duelo entre Juventude e Ypiranga - as equipes se enfrentam na terça-feira, às 19h30, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Embalado por uma sequência de três vitórias consecutivas, o Inter dominou o jogo desde o início contra um adversário que vinha de uma série de sete partidas sem vencer. Logo aos oito minutos, Sasha recebeu na área, se antecipou ao goleiro Deivity com um toque e acertou a trave.

O São Paulo esperava pelo adversário no campo de defesa e tentava segurar a pressão como podia. Aos 23, Anderson dominou pelo meio e arriscou de longe para boa defesa de Deivity, que mandou para escanteio.

Diante de um adversário encolhido, o técnico Argel decidiu mexer na equipe ainda na primeira etapa. Tirou o lateral-direito Paulo Cezar e mandou a campo o atacante Aylon. Com isso, o volante Fabinho foi para a lateral e Anderson recuou para a função de volante.

No lance seguinte, aos 39, veio o gol. Após cruzamento de Andrigo pela direita, Paulão apareceu na segunda trave e desviou de cabeça para as redes. Antes que o adversário tentasse reagir, veio o segundo. Aos 43, Anderson tabelou com Artur cruzou da esquerda. Aylon apareceu nas costas da zaga e empurrou para as redes de carrinho.

O Inter liquidou a partida logo aos sete do segundo tempo. Vitinho cobrou falta na barreira, mas aproveitou a sobra, dominou com a coxa e mandou uma bomba para fazer o terceiro do time colorado.

Com a vitória assegurada, o Inter passou a cozinhar a partida, tocar a bola. Mesmo assim ainda esteve mais perto de fazer o quarto do que o São Paulo marcar o primeiro. Aylon, em chute de fora da área, que saiu à esquerda do goleiro, e Anderson que foi travado pela zaga no momento da batida criaram as últimas chances para a equipe de Argel.