24°
Máx
17°
Min

Inter reage a golaço do Brasil de Pelotas e goleia no Beira-Rio

O ataque do Internacional desencantou. Pelo segundo jogo seguido, marcou quatro gols em 90 minutos. Desta vez a vítima foi o Brasil de Pelotas, que saiu na frente no Beira-Rio com um golaço de Marcos Paraná, sucumbiu após uma falha da zaga, e acabou goleado por 4 a 1. A partida, na noite desta quinta-feira, para pouco mais de 7 mil pagantes, valeu pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Gaúcho.

Apesar de ter sido titular do Brasil no empate contra o Paraguai, terça-feira à noite, Alisson foi escalado normalmente no gol colorado. Aos 15 minutos, pulou atrasado e não alcançou uma pancada de Marcos Paraná, que arriscou do meio da lua e mandou um petardo no ângulo para abrir o placar.

O árbitro Daniel Bins quis ajudar o Inter a empatar. Aos 44 minutos, marcou tiro livre indireto na pequena área do Brasil depois que Eduardo Martini defendeu em dois tempos um chute de longe de William. O juiz entendeu que o goleiro segurou e soltou a bola. Martini, entretanto, alegou, na saída do campo, com razão, que defendeu em dois tempos porque a bola estava molhada.

Mas não teve discussão. A falta estava marcada e o Inter teve ótima chance de marcar. Vitinho chutou, mas parou no paredão formado em cima da linha do gol. Mesmo jogando melhor, o Inter foi para o intervalo em desvantagem.

Após o descanso, Argel trocou William por Marquinhos e mandou o Inter ao ataque. Deu sorte, porque, logo aos 3 minutos, Leandro Leite protegeu para o goleiro, que deixou para o volante, e os dois permitiram que Anderson fosse esperto para mandar para o gol e empatar. Na comemoração, visivelmente acima do peso, desabafou contra a torcida que o criticou nos últimos dias.

Logo no minuto seguinte o Inter virou, com Andrigo. A partir daí, só o time da casa jogou, fazendo o terceiro novamente com Andrigo, que chegou a driblar o goleiro após ótima assistência de Anderson. Vitinho revidou o golaço e também marcou no ângulo.

Com 23 pontos, o Inter é terceiro colocado do Campeonato Gaúcho, atrás do Grêmio (28) e do São José (25). No domingo, precisa vencer o Glória para não ser ameaçado pelo Juventude, que tem 22 e encara o Grêmio na última rodada. O Brasil de Pelotas tem 13 pontos, dois a menos que Ypiranga, Vereanópolis e Passo Fundo, que estão entre o sexto e o oitavo lugares. Na última rodada, recebe o Passo Fundo.