22°
Máx
17°
Min

Internauta acusa torcedor do Coritiba de racismo na decisão; outros dizem que não foi bem assim

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra um torcedor do Coritiba fazendo sinais similares ao de um macaco para a torcida do Atlético-PR, durante a decisão do Campeonato Paranaense, no último domingo (8), no Couto Pereira.

Na imagem, é possível perceber que o torcedor alviverde está exatamente na divisa entre o setor Social e o setor visitante, provocando a torcida Rubro-Negra, algo comum em clássicos. No entanto, ele começa a pular com os braços arcados, fazendo os gestos.

Um internauta publicou o vídeo no Facebook. No post, ele afirma que o alvo do torcedor Coxa era uma família negra. “Esse covarde Coxa-Branca começa a ofender racialmente uma família de pessoas negras que estavam na torcida do atlético, pai, mãe e filhos”, explicou.

Ele continua: “como fica uma mãe, que em pleno dia das mães é ofendida de maneira racista e chamada de "macaca" por um infeliz desses?” O internauta termina dizendo que falta educação ao rapaz. “Se a mãe de vocês nao ensinou tá aqui : respeito é bom e mantem os dentes no lugar", ressaltou.

No entanto, outras pessoas questionam o suposto ato de racismo. Segundo outro usuário, o homem estaria “zoando” uma pessoa obesa. “Estavam trocando zoeiras. Não tem nada de racismo contra família de negros”, afirmou.

Até a publicação desta reportagem, o vídeo tinha sido visualizado mais de 55 mil vezes. Além disso, mais de mil pessoas curtiram o post, 844 compartilharam o vídeo e mais de 165 tinham comentado a publicação.

A reportagem entrou em contato com o Coritiba. O clube afirmou que até o momento, não tem conhecimento sobre o fato e por isso não pode dar um posicionamento oficial sobre o caso. De acordo com a Polícia Militar, não foi registrada nenhuma ocorrência de racismo no estádio Couto Pereira, durante o jogo.