27°
Máx
13°
Min

Investigado, Benzema é descartado da Eurocopa pela Federação Francesa

(Foto: Víctor Carretero/Real Madrid) - Investigado, Benzema é descartado da Eurocopa pela Federação Francesa
(Foto: Víctor Carretero/Real Madrid)

Karim Benzema está fora da Eurocopa deste ano, na França. Investigado por participação em um esquema para chantagear seu colega Mathieu Valbuena, o atacante do Real Madrid foi descartado da competição nesta quarta-feira pela Federação Francesa de Futebol (FFF). Com isso, não poderá defender a seleção da casa no torneio que começará em junho.

De acordo com comunicado oficial divulgado nesta quarta-feira pela FFF, "Noel Graet (presidente da entidade) e Didier Deschamps (técnico da seleção) decidiram que Benzema não poderá jogar na Euro 2016".

Benzema é um dos protagonistas de um escândalo que estourou na França no ano passado. O atacante do Real Madrid enfrenta acusações preliminares de conspiração por chantagem relativa a um esquema de extorsão envolvendo a gravação de um vídeo de uma relação sexual de Valbuena.

O atacante é considerado intermediário do encontro de Valbuena com um criminoso, amigo de infância do atleta do Real Madrid que dizia ter um vídeo íntimo do jogador do Lyon com a namorada. Benzema, entretanto, garante que tudo não passou de um "grande mal-entendido".

Por conta deste processo, a Justiça francesa chegou a proibir que Benzema se aproximasse do atleta do Lyon, e o atacante do Real Madrid foi suspenso preventivamente da seleção enquanto o caso não se resolvesse. Ele esperava que a FFF revogasse a decisão, mas a entidade chegou a um acordo com Deschamps nesta quarta e decidiu mantê-lo afastado.

Assim que foi anunciada, a ausência de Benzema foi imediatamente lamentada pelo próprio atacante nas redes sociais. "Infelizmente para mim e para todos aqueles que sempre me apoiaram e seguem apoiando, eu não serei convocado para a Eurocopa na França", escreveu em sua página no Twitter.

A decisão da FFF vai ao encontro do desejo de boa parte dos torcedores franceses, que ficaram estarrecidos com o escândalo envolvendo o atacante, e de políticos do país. O primeiro-ministro Manuel Valls foi um dos que se manifestaram contrários à volta de Benzema à seleção para a Eurocopa.