22°
Máx
16°
Min

Investigado pela polícia, presidente do ACP renuncia

(Foto: Divulgação/ACP) - Investigado pela polícia, presidente do ACP renuncia
(Foto: Divulgação/ACP)

Investigado por peculato, o presidente do Atlético Clube Paranavaí (ACP), Luiz Sérgio de Oliveira, entregou uma carta de renúncia. O fato desencadeou a saída de toda a diretoria do clube e uma nova eleição foi marcada para o dia 1º de abril.

O presidente do Conselho Deliberativo do ACP, Osmar de Jesus da Silva, o Mazinho, disse que recebeu com tristeza a saída de Oliveira. “A gente vem de um trabalho de três anos, com a casa em ordem. Temos credibilidade, trabalhamos bastante, com transparência”, defendeu.

Ele ressaltou que o Atlético Clube Paranavaí não tem qualquer ligação com a fraude da qual é acusado o ex-presidente. Luiz Sérgio de Oliveira trabalha como auditor fiscal da prefeitura do município e teria dado baixa irregularmente em uma multa de R$ 289 mil, de uma concessionária de veículos.

A Polícia Civil já finalizou o inquérito e encaminhou para o Ministério Público. Agora, iniciou uma auditoria em todos os procedimentos feitos pelo servidor para apurar possíveis problemas na cobrança de impostos.

“Eu ressalto que a instituição ACP não tem nada a ver com isso”, declarou Mazinho. A reportagem não conseguiu contato com o ex-presidente do clube.

O Paranavaí está na segunda colocação da divisão de acesso do Campeonato Paranaense 2016, empatado com o líder Prudentópolis, com sete pontos. No domingo (3), a equipe enfrenta o Cianorte.

Colaboração: Redação em Campo/redacaoemcampo.com